Soccer team in a huddle

Big Data: a próxima fronteira

5 de Julho de 2012 Por SAP Blogs 0

Cada dia contamos com mais informação sobre o mundo que nos cerca e a capacidade de analizá-la se transformou  em uma habilidade chave para sobreviver e competir no mundo dos negócios.

Segundo um estudo realizado por MGI y la Business Technology Office de McKingsey, os líderes de cada setor serão aqueles que tiverem a tarefa de lidar com as implicações de Big Data e não apenas alguns administradores de sistemas.

 

A investigação esteve centrada em cinco áreas chaves: o sistema de saúde e os comércios varejistas dos Estados Unidos, o setor público europeu e a informação sobre a produção e localização de pessoas a nível mundial. Em cada um destes setores, Big Data pode gerar um valor significativo. Por exemplo, um comércio varejista com toda sua informação sobre a produção e localização na nuvem pode aumentar suas margens operacionais em mais de 60%. No caso do setor público, os governos podem economizar 150 milhões de dólares em melhorias operacionais para conseguir maior influência utilizando Big Data, além de reduzir as possibilidades de fraude e erros.

O informe destaca vários pontos:

–       Os dados já são um fator-chave para a produção em todas as indústrias e negócios, juntamente com a força de trabalho e o capital. Em 2009, todos os setores da economia dos Estados Unidos armazenavam uma média de 200 terabytes de informação por companhia com mais de 1000 empregados.

–       As companhias líderes estão utilizando a coleta  e análises de dados para realizar experimentos controlados que lhes permitam tomar melhores decisões de management. Desta forma, Big Data poderá ser utilizado para melhorar o desenvolvimento da próxima geração de produtos e serviços.

–       O uso de Big Data se transformará em uma base fundamental para o crescimento e a concorrência das empresas que encarem com seriedade a captura e análise de seus valiosos dados.

–       Para o ano de 2018, só nos Estados Unidos serão necessários entre 140.000 e 190.000 pessoas com habilidades profundas de análises e, 1,5 milhões de gerentes e analistas com o “Know-how” para tomar decisões efetivas com a informação coletada.

Tags: , , , , , , ,

Deixe uma resposta