Um mapa dos desejos

11 de Outubro de 2012 Por SAP Blogs 0

A revista Forbes publicou um exemplo que mostra a importância de otimizar o tempo e a qualidade na análise de dados.

Imagine um vendedor que acrescenta anualmente 4 milhões de dólares à companhia. Este vendedor investe aproximadamente 10,5% do seu tempo em definir a solução adequada para um cliente, prepará-la, colocar um preço e finalmente entregá-la. Se em uma força de 100 vendedores similares consegue-se reduzir em apenas 1% do tempo investido de cada vendedor no trabalho com a informação, a companhia poderá incorporar cerca de 42 milhões de dólares extra por ano. Estas são as grandes possibilidades de trabalhar com Big Data.

 Como em uma viagem de barco em que se chega mais rápido se tivermos o melhor mapa, a utilização, processamento e análise do Big Data oferece um mapa do desejo dos clientes capaz de levar qualquer negócio à melhor posição

Como em uma viagem de barco em que se chega mais rápido se tivermos o melhor mapa, a utilização, processamento e análise do Big Data oferece um mapa do desejo dos clientes capaz de levar qualquer negócio à melhor posição. A cada momento os clientes enviam suas coordenadas, telegrafam suas mensagens dizendo: “Estou aqui, compro este tipo de produtos, preciso destes outros.”

 Não faz muito tempo essas coordenadas eram indecifráveis e não existiam os meios necessários para poder compartilhá-las. Hoje em dia, o mapa dos negócios tem mais mensagens que nunca e a tecnologia tem a capacidade de encontrar qual é o melhor caminho para percorrer.

 

Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta