PMEs e tecnologia: dois casos de sucesso

10 de Maio de 2013 Por SAP Blogs 0

 

Vivemos o século da tecnologia e da informação.

As exigências e as necessidades que as empresas enfrentam em matéria de tecnologia são as mesmas, independentemente do tamanho e do setor, já que hoje é essencial atingir objetivos de crescimento e manter a competitividade. No entanto, algumas vezes as PMEs ficam em desvantagem quanto à falta de uma área tecnológica especializada.

PMEs e tecnologia

Para Pablo Signorelli, vice-presidente de Ecossistemas e Canais da SAP América Latina & Caribe, a indústria conseguiu compreender a enorme oportunidade que representa este setor e elaborou uma ampla gama de soluções para que as PMEs possam crescer.

“As PMEs precisam ter controle dos seus inventários, buscar a melhor comunicação possível com seus fornecedores e seu próprio pessoal, além de contar com a informação em tempo real”, afirmou em uma entrevista realizada no SAP Forum PyME 2013.

Na mesma entrevista, Signorelli contou dois casos de sucesso que mostram a importância da tecnologia como um diferencial competitivo para as PMEs. Trata-se das empresas Distroller, conhecida no México por sua interpretação criativa da Virgem de Guadalupe em cadernos e adesivos, e Reprico, do Panamá, especializada na venda e distribuição de produtos farmacêuticos.

No primeiro caso, a PME não conseguia controlar o seu inventário, que na maior parte do tempo se encontrava excedido. Após a aplicação do SAP Business One on Hana, a empresa não só conseguiu retomar o controle sobre os estoques de seus produtos, como também foi capaz de identificar os locais com maior demanda.

No caso da empresa panamenha, os problemas surgiam após os pedidos feitos por telefone, devido à demora para verificar o inventário disponível, capacidade de crédito do cliente e outras questões logísticas. Depois de aplicar a solução da SAP, a empresa tornou-se capaz de confirmar ao cliente toda a informação no momento da chamada, melhorando em 30% a entrega de pedidos.

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta