M2M: negócio em tempo real

27 de Fevereiro de 2014 Por SAP Blogs 0

Antes que termine esta década, existirão entre 24 e 50 bilhões de dispositivos conectados à Internet ao redor do mundo. Isso significa uma média entre 3 e 6,5 ​​dispositivos para cada pessoa.

download

Com mais dispositivos móveis que pessoas, a tecnologia Machine to Machine (M2M) é uma tendência a nível mundial que conecta pessoas e objetos desde qualquer lugar.

O mundo conectado vai além de PCs, smartphones e tablets, e irá englobar outros objetos como relógios, óculos e pulseiras inteligentes, juntamente com um crescente número de “coisas” nem sempre pensadas como conectáveis à Internet: televisores, carros, eletrodomésticos, caixas registradoras das lojas, bombas de gasolina, máquinas de venda automática, câmeras de vigilância, equipamentos de saúde, medidores de serviços públicos, recipientes para transporte de mercadorias, máquinas industriais, sensores de estrada, só para citar alguns.

Cada vez mais, estamos vivendo uma experiência de vida conectada através destas “coisas “. Considere este exemplo: uma mulher caminha por um parque da cidade e fica com sede. Ela faz uma pesquisa de voz em seu smartphone por “garrafa de água”, e recebe informação sobre uma máquina de venda automática a 100 metros de sua localização atual. Ela se dirige até a mesma e compra uma garrafa usando a conta de pagamento móvel do seu telefone.

A máquina captura as informações da conta, que se tornam parte do fluxo de dados enviados para a empresa de bebidas. Além disto, o aparelho identifica quando o seu estoque de produtos está baixo e imediatamente envia um alerta ao distribuidor. O sistema automatizado de gestão da cadeia de fornecimento da distribuidora adiciona esse ponto de venda para a rota de um caminhão de entrega nas proximidades, cujo motorista visualiza a nova parada de seu percurso. Ele para e reabastece a máquina. O sistema gestor da cadeia de suprimentos também reajusta os seus cálculos, e emite uma nova ordem de compras para a fábrica de garrafas de água.

Enquanto isso, a mulher que se exercitava no parque decide passar no supermercado a caminho de casa. Com base na sua recente atividade de compra e informações sobre sua localização, a empresa de bebidas envia uma promoção diretamente para o smartphone da usuária. Ela o recebe exatamente quando está decidindo sobre a compra de bebidas.

A Internet das coisas e a comunicação máquina-a -máquina estabelecem experiências altamente colaborativas em tempo real para os consumidores, além de abrirem caminho para casas e cidades conectadas e mais inteligentes.

Tags: , , ,

Deixe uma resposta