Crie e mantenha uma Comunidade de Talentos para sua empresa

11 de Dezembro de 2014 Por SAP Blogs 0

272532_l_srgb_s_gl

O departamento de Recursos Humanos está se reinventando e utilizando a tecnologia para auxiliar na contratação de pessoas ideais para as empresas. O modelo tradicional de entrevistas está ficando ultrapassado e novas técnicas estão surgindo. Uma das novas estratégias são as Talent Communities ou Comunidades de Talentos.

Ao manter uma comunidade de talentos ativa para a empresa, o RH cria um espaço onde funcionários atuais, ex-funcionários e candidatos podem interagir entre si e se manterem atualizados sobre novas vagas, além de indicarem outros talentos que se encaixam no perfil da empresa. O recrutador, por outro lado, poderá reunir ali os melhores candidatos para vagas futuras, além de facilitar o contato com os mesmos. Veja os primeiros passos para iniciar sua comunidade de talentos.

1 – Escolha a plataforma ideal

Para criar um grupo de talentos a empresa deve optar por uma plataforma que ofereça as funções necessárias para que os participantes possam se relacionar e engajar. Pode ser um grupo fechado no Facebook ou no LinkedIn, ou em uma plataforma própria. Separe esses grupos por áreas de interesse, como TI, marketing, finanças, entre outros.

2 – Convide as pessoas certas

Comece convidando os talentos da sua própria empresa. Peça para que convidem outras pessoas que estariam interessadas em começar a trabalhar na organização. Também é recomendável convidar candidatos que não se adequaram a uma vaga específica, mas possuem o perfil da empresa. Desta forma o RH pode “mantê-los no radar” e mostrar que a empresa está interessada em seu potencial para vagas futuras.

3 – Engaje

Nesta plataforma a empresa deve divulgar novas vagas, eventos que acontecerão, criar discussões sobre assuntos atuais relacionados à área de interesse do grupo e outras informações que sejam interessantes para que os participantes exponham suas opiniões e experiências. É um ótimo método para avaliar a postura de cada integrante e perceber quais serão os futuros colaboradores da sua empresa.

4 – Colha os bons frutos de uma comunidade engajada

Criar uma comunidade de talentos tem muitos benefícios, entre eles a redução nos custos de divulgação de novas vagas. Uma das grandes vantagens é poder se comunicar diretamente e em tempo real com os participantes, possibilitando analisar suas capacidades e deficiências. A empresa não perderá tempo entrevistando candidatos que não se encaixam na vaga, otimizando a procura pelo talento certo.

Estamos vivendo em um mundo conectado, as pessoas já integraram a mobilidade em suas vidas e é importante que as empresas façam o mesmo. Ser uma organização atualizada atrairá os melhores talentos, criando uma grande comunidade interna inovadora. É preciso reinventar os processos ultrapassados para ganhar vantagem competitiva.

Tags: , ,

Deixe uma resposta