Como a nuvem pode aumentar a produtividade das PMEs

26 de Fevereiro de 2015 Por SAP Blogs 0

Jungrangcheon Stream, Gwangjin-gu, Seoul, Korea

Empresas de todos os tamanhos já estão percebendo os benefícios da computação em nuvem na redução de custos, controle de gastos, além da melhora na eficiência e funcionalidade de processos. Especialmente para as PMEs (pequenas e médias empresas), essa tecnologia oferece possibilidades incríveis de aprimorar a produtividade das operações. Conheça cinco razões para reformular a produtividade através da nuvem:

1. Escalabilidade

O principal desafio de uma PME é prosperar sem ter que aumentar os custos básicos da operação. A computação em nuvem é um recurso facilmente escalável, pois oferece condições flexíveis e uniformes, moldando-se facilmente às necessidades do negócio. A nuvem pode se adaptar a diferentes questões de escalabilidade, entre elas:

Carga: pode ser expandida sem perder a performance para atender demandas, sejam maiores ou menores.

Geográfica: mantém o desempenho, não importando sua extensão geográfica.

Administrativa: independentemente do tipo ou formato de dados compartilhados, um único sistema pode ser usado para gerenciar todos facilmente.

  1. Gestão de TI

Uma das grandes dificuldades das PMEs é a gestão de TI. Seja pela necessidade de profissionais especializados, pela demanda de tempo ou mesmo o orçamento mais restrito, os recursos tecnológicos utilizados por empresas de pequeno e médio porte podem ficar desatualizados e, por consequência, cada vez mais complicados de gerenciar. Com uma plataforma de cloud computing, pequenos empreendedores não terão mais dores de cabeça tentando resolver problemas com a TI, já que o provedor será responsável por fazer a implantação, as atualizações e a manutenção do software. A nuvem é um modelo pioneiro em permitir que as PMEs se concentrem na condução de seus negócios e não gastem tempo e esforço desnecessário com gestão da TI.

  1. Controle de produtividade

Gestores de PMEs precisam estar sempre atentos aos processos para determinar melhores soluções ou explorar inovações que ampliem o horizonte dos negócios. Como a computação em nuvem mantém todos os dados em um só local, permitindo que os profissionais envolvidos no projeto possam acessá-los com facilidade, também é possível que os gestores acompanhem a evolução de cada tarefa a fim de medir a produtividade em cada etapa. O melhor: isso pode ser feito a qualquer hora, em qualquer lugar por meio de qualquer dispositivo móvel.

  1. Segurança 24/7

Outra tarefa que demanda tempo e profissionais, dificultando a produtividade das empresas de pequeno e médio porte, é a gestão de softwares de segurança. O problema é que essas soluções necessitam de acompanhamento periódico para evitar sua vulnerabilidade. A infraestrutura de segurança da nuvem oferece a atualização constante contra novas ameaças, 24 horas por dia, sete dias por semana, sem preocupações.

  1. Recuperação de dados

Além da segurança contra ameaças cibernéticas, importantíssima para PMEs, a computação em nuvem ajuda a garantir a produtividade e agilidade na recuperação de dados. No caso de queda de energia ou problemas no sistema interno da empresa, por exemplo, os dados em nuvem estarão seguros e acessíveis a partir de qualquer dispositivo móvel. Essa estabilidade proporciona a proteção de informações e a tranquilidade dos gestores no momento de recuperá-las.

PMEs olhando para a nuvem

Segundo estudo realizado por uma consultoria especializada em PMEs, 78% das pequenas empresas (com menos de 50 empregados) serão totalmente adaptadas para a nuvem até 2020. Sua empresa faz parte desse grupo de PMEs que utilizarão a nuvem para aumentar a produtividade e crescer em 2015?

Tags: ,

Deixe uma resposta