Soccer team in a huddle

O que o CFO precisa saber sobre Big Data e Internet das Coisas

18 de Junho de 2015 Por Ivy Leça 0

Uma das tarefas mais importantes (e talvez a mais desafiadora) para os CFOs é produzir previsões mais precisas sobre o negócio para otimizar investimentos, reduzir custos e garantir a valorização da empresa.

Além de entender o desempenho histórico da empresa, o CFO deve coletar, mensurar e considerar todas as variáveis externas. As informações que vêm de fora da empresa também têm grande impacto nos resultados internos, e para isso, o setor financeiro precisa explorar tecnologias como Big Data e Internet das coisas.

O Big Data oferece inúmeras vantagens para um CFO, entre elas:

  1. Soluções de análise de grandes volumes de dados ajudam a entender e prever o comportamento e as percepções do cliente, além de quantificar o valor do tempo de vida do cliente, proporcionando insights importantes para tomadas de decisão e planejamento estratégico com base no cliente.
  2. Atualmente as empresas esperam mais dos CFOs do que apenas a redução de custos. O CFO precisa impulsionar a expansão da organização, e com a análise de Big Data ele pode identificar oportunidades adicionais de crescimento.
  3. Outro desafio para os CFOs é guiar a organização na execução de estratégias adequadas, considerando a mudança constante do mercado e de seus concorrentes. Soluções Big Data podem obter previsões continuamente atualizadas de acordo com o ambiente externo.
  4. Trabalhar em conformidade com as constantes mudanças regulatórias pode ser uma tarefa trabalhosa e demorada, pois exige que diferentes áreas se adaptem às mudanças. Unificar as informações financeiras em apenas um sistema de gestão de dados pode facilitar novas implementações e manter a empresa na conformidade legal.

A Internet das coisas (IoT), por outro lado, diz respeito a qualquer dispositivo que possa capturar informações sobre o seu ambiente, como quantidades, localização, movimento, temperatura, entre outros, e transferi-las automaticamente para uma aplicação integrada aos processos de negócios.

Essa tecnologia pode ajudar diversos setores de uma organização a medir, coletar e analisar dados para obter melhores tomadas de decisão. A conectividade máquina-a-máquina proporciona inúmeras oportunidades. No entanto, para que esse processo funcione, a forma como a análise de dados é feita tem papel fundamental. Ou seja, tão importante quanto a tecnologia é a equipe que a opera.

A proliferação de dispositivos de coleta e comunicação de dados sobre clientes traz também diversas oportunidades de aplicação da Internet das Coisas em diversos setores, inclusive o setor financeiro. Por exemplo, os dados coletados através da IoT podem gerar insights para melhor aproveitamento dos recursos tecnológicos, reduzindo custos e possibilitando que a empresa direcione seus recursos de maneira mais eficiente.

CFO, o futuro da economia já está conectado a tecnologias como Big Data e Internet das coisas, você está pronto?

Tags: , ,

Deixe uma resposta