Soccer team in a huddle

Provas de que a Economia Digital está mudando nossas vidas

7 de Julho de 2015 Por Ivy Leça 1

Graças à evolução tecnológica e à hiperconectividade vivemos uma nova revolução econômica. Você vive isso sempre que paga suas contas a partir do seu smartphone, sem precisar se locomover até o banco, evitando filas. No entanto, a Economia Digital vai muito além das finanças, influenciando nossas experiências e preferências e, dessa forma, transformando a forma como trabalhamos, como agimos em sociedade e, finalmente, como vivemos.

Confira três provas de que a Economia Digital está, e continuará, mudando nossas vidas:

Estamos conectando tudo

A maioria dos motoristas atualmente utiliza um GPS, conectando-se a satélites para navegar por ruas e estradas com informações de rotas e trânsito em tempo real. Cada vez mais pais conectam câmeras de segurança aos seus computadores no trabalho para acompanhar o dia a dia de seus filhos em casa, assim como donos de animais de estimação gerenciam as refeições de seus pets ligando e desligando os alimentadores automáticos através de seus smartphones.

Estima-se que até 2020, cerca de 75 bilhões de dispositivos estejam conectados entre si, de smartphones e eletrodomésticos até carros e casas. O futuro está conectado, e as pessoas já estão seguindo essa tendência, evitando deslocamentos desnecessários e economizando tempo para realizar tarefas cotidianas. Para o futuro, a expectativa é que a conectividade proporcione ainda mais benefícios, como carros que se dirigem sozinhos por uma rota pré-estabelecida na agenda do celular do usuário, por exemplo. As possibilidades são infinitas.

Criamos novas oportunidades com a economia colaborativa

Com a economia digital criamos novos conceitos de valor: ter acesso é diferente de possuir. Por que comprar se você pode alugar? Você economiza dinheiro, espaço, recursos naturais e ainda obtém os mesmos benefícios. Muitas pessoas estão compartilhando o espaço disponível em seus carros pelo Uber, disponibilizando o quarto desocupado em suas casas através do Airbnb e utilizando diversos sites para alugar objetos que não utilizam frequentemente. Seguindo essa tendência, aprendemos a usar apenas o necessário, pois não queremos mais gastar recursos nem ocupar espaço armazenando coisas que não utilizamos com frequência. Dessa forma, economizamos tempo e dinheiro para fazer melhor uso desses recursos.

Conquistamos mais poder de escolha

Com a internet o consumidor ampliou suas opções e aumentou seu poder de escolha. Não estamos mais restritos à loja da cidade, temos acesso direto a um catálogo praticamente infinito de outras lojas e recomendações de outros compradores, além da vantagem de poder comparar preços em tempo real. Um projeto que antes precisava passar por um processo burocrático interminável para obter crédito, atualmente pode conseguir os recursos de que precisa em alguns dias por intermédio de um site de crowdsourcing. Além disso, a mídia tradicional está perdendo espaço para novos provedores de entretenimento conectados diretamente à smart TVs e consoles de videogame, que oferecem uma programação muito mais personalizável.

A Economia Digital não é apenas sobre pagamentos online, dispositivos e Big Data: é sobre pessoas. E ela tem tudo para tornar nosso futuro mais cômodo e mais rentável em todos os sentidos. Você está pronto para abraçar esse futuro?

Tags: , ,

Deixe uma resposta