Soccer team in a huddle

Crise: como manter sua equipe motivada em tempos desfavoráveis?

16 de Julho de 2015 Por Ivy Leça 1

Em tempos de instabilidade econômica as empresas precisam rever seu planejamento e criar novas estratégias para evitar perdas. Isso também acontece com o setor de Recursos Humanos: durante uma crise é vital que a empresa foque na gestão estratégica de pessoas para garantir o presente e o futuro do negócio. Confira cinco estratégias que ajudarão a reter, desenvolver, incentivar e fortalecer sua força de trabalho em um cenário econômico incerto:

1. Atue em tempo real. Em um momento de mudanças externas a empresa deve se adequar rapidamente às novas circunstâncias para seguir firme no mercado. Por isso trabalhar com informações em tempo real é tão importante, somente assim os líderes terão o tempo necessário para executar as novas estratégias. Essas informações também precisam estar disponíveis para a força de trabalho, pois uma vez que os funcionários entendem as mudanças como um todo, o processo de adequação se torna mais rápido e simples.

2. Estabeleça metas claras e alinhe sua equipe. A liderança deve manter seus objetivos claros e desenvolver um método de comunicação ágil e eficaz, de modo a envolver sua força de trabalho e não atrasar as mudanças necessárias, colocando o novo planejamento em prática o mais rápido possível

3. Seja transparente. Estabelecer uma relação transparente com sua força de trabalho sempre foi importante; e em momentos de crise, quando a incerteza gera medo e desmotivação, torna-se uma tarefa essencial. Quando os líderes se comunicam de forma transparente, compartilhando a situação do mercado e da empresa, esclarecendo as novas metas, explicando a reordenação de hierarquias e as prioridades do negócio, os funcionários se sentem mais confiantes, como parte importante da empresa e abraçam a causa. Segundo uma pesquisa da Watson Wyatt, as empresas mais confiáveis funcionam 168% melhor do que as menos confiáveis.

4. Busque alternativas para reduzir custos sem alterar os benefícios da força de trabalho. Diante de uma situação economicamente desfavorável, a primeira opção de algumas empresas é a demissão, mas essa alternativa deve ser evitada ao máximo. Caso a reestruturação de gastos chegue ao RH, é possível criar um planejamento para compensar os funcionários de forma mais estratégica, realizando o pagamento por desempenho. Adotando esse método, em vez de fazer a divisão de compensação com base no cargo, a empresa estará incentivando o funcionário a atingir o seu máximo.

5. Caso o corte de funcionários seja inevitável, faça-o de maneira estratégica. É imprescindível que os líderes considerem o desempenho de cada trabalhador para que essa medida seja feita de forma inteligente e não abrupta. Sua empresa já utiliza ferramentas de análise de resultados por empregado? Você conseguiria estabelecer uma lista com 10% a 20% dos funcionários com menor desempenho? Lembre-se que neste momento é preciso deixar claro que o desempenho é reconhecido.

Coloque-se no lugar dos seus funcionários para entender suas necessidades e anseios e, assim, encontrar outras formas de manter sua força de trabalho motivada mesmo em momentos desfavoráveis. Ao adotar algumas ações simples é possível incentivá-los e unir esforços para atravessar qualquer crise com mais força.

Tags: , , ,

Deixe uma resposta