Soccer team in a huddle

Mas o que é SAP HANA?

9 de Setembro de 2015 Por SAP Notícias Brasil 28

Primeiro um banco de dados, depois uma plataforma, e hoje a base do SAP Business Suite 4 SAP HANA (SAP S/4HANA): o que é o SAP HANA e qual o lugar da tecnologia in-memory hoje e no futuro

  1. O SAP HANA é apresentado em 2011 como banco de dados

HANA: simplesmente um compromisso em quatro letras. Como o nome diz, o High Performance Analytic Appliance (ferramenta analítica de alto desempenho) foi desenvolvido para aplicativos analíticos que podem ser implementados em alta velocidade. E, se necessário, também com muitos dados ao mesmo tempo. Dessa forma, ele se torna perfeito para uma demanda importante: Big Data. A tecnologia in-memory no banco de dados SAP HANA está disponível no mercado desde 2011. Por manter todos os dados na memória de trabalho, essa tecnologia cumpre seu primeiro compromisso: analisar de modo altamente produtivo. Além disso, o primeiro produto a se beneficiar da inovação é o SAP Business Warehouse, tradicionalmente especializado em análises e geração de relatórios. O primeiro produto otimizado pelo SAP HANA chama-se SAP BW powered by SAP HANA e está disponível desde 2012.

  1. Em 2013, o SAP HANA transforma-se em plataforma

A ideia consistiu em implantar no banco de dados SAP HANA os clássicos algoritmos do mundo ABAP, ou seja, mecanismos de cálculo programados na própria linguagem de programação da SAP. Nesse processo, foi importante a capacidade de prescindir dos bancos de dados relacionais existentes. Em grande parte, esses bancos de dados eram provenientes de concorrentes. Além disso, tratando-se de Big Data, tempo real e Internet das Coisas, sua arquitetura tradicional não é otimizada para as tarefas da transformação digital.
A tecnologia in-memory é a chave para uma nova geração de infraestrutura de TI e introduz nesta uma mudança de paradigmas. O melhor exemplo disso é o SAP Business Suite, o produto principal que abrange as áreas mais importantes da empresa, desde finanças e logística até processos do cliente. A estrutura do fluxo de informações foi obtida e transferida ao mundo SAP HANA. Dentre outros, foi criado o SAP Business Suite powered by SAP HANA. O SAP HANA se estabeleceu como plataforma, na qual surgiram mais e mais aplicativos.

  1. O SAP HANA contém uma série de funções adicionais

Enquanto outras plataformas precisam integrar adicionalmente softwares especializados atualizados, a plataforma SAP HANA já inclui as funcionalidades mais comuns. Estas incluem análise de texto, mas também ferramentas para análises preditivas, o chamado data mining, ou seja, busca de grandes quantidades de dados ou informações de localização de determinados serviços por meio de um motor de busca geoespacial. Dessa maneira, quem quiser construir uma solução para a Internet pode colocá-la em funcionamento ao vivo.

A divisão premium da Mercedes AMG avalia em tempo real os dados disponíveis nos bancos de teste de motores para permitir, a qualquer momento, análises e simulações ad-hoc, incluindo ainda dados históricos. Caso ocorram irregularidades, o sistema reporta o padrão diferente e um teste dispendioso pode ser interrompido imediatamente. O Centro Alemão de Pesquisa contra o Câncer (Deutsche Krebsforschungszentrum, DKFZ) em Heidelberg filtra muitos conjuntos de dados diferentes, inclusive de dados não estruturados, como relatórios médicos. A plataforma SAP HANA “aprende” o vocabulário médico. “Os conteúdos podem ser extraídos e tornam-se pesquisáveis”, afirma Holger Seubert, especialista da SAP em SAP HANA, explicando as vantagens da funcionalidade integrada de análise de texto.

  1. Em 201 surge o SAP S/4HANA como solução completa baseada no SAP HANA

O primeiro produto da SAP que não teve seu desempenho melhorado apenas com a ajuda da plataforma SAP HANA é o SAP Business Suite 4 SAP HANA, ou SAP S/4HANA. Aqui, não houve apenas a integração da estrutura do fluxo de informação do mundo ABAP, mas também a simplificação do modelo de dados. Em outras palavras, a SAP se concentrou nas estruturas de dados principais, limpando e simplificando os aplicativos existentes. “A plataforma cresce junto com os aplicativos, e os aplicativos junto com a plataforma”, opina Seubert, da SAP.  O SAP S/4HANA é a primeira solução completa da empresa, otimizada pelo SAP HANA e desenvolvida com base na plataforma SAP HANA.

  1. Existem mais de 70 aplicativos SAP HANA específicos e independentes

O SAP HANA é uma plataforma aberta. Isso significa que ainda podem surgir aplicativos adicionais. Elas são relacionadas a funções e fornecem soluções para desafios bastante específicos. Seguem alguns exemplos do catálogo dos cerca de 70 aplicativos especiais até o momento:

  • O SAP Fraud Management foi desenvolvido para detectar fraudes. Se um usuário acessa o sistema de dois computadores ao mesmo tempo, a “detecção de fraude” aciona um alarme em tempo real. O app pode identificar padrões fora do espectro de uso habitual.
  • O SAP Smart Business Cockpit é uma ferramenta de análise e geração de relatórios que oferece à equipe de vendas uma visão geral sobre as faturas em aberto do cliente que corresponde ao estado atual.
  • O SAP Customer Activity Repository auxilia o varejista a obter o histórico de compra do cliente a qualquer momento, para poder apresentar ofertas personalizadas. Além disso, é possível obter total transparência sobre a disponibilidade de produtos, evitando a ocorrência de prateleiras vazias.
  1. Com base no SAP HANA Cloud Platform é possível adotar funcionalidades personalizadas

Por meio do SAP HANA Cloud Platform, baseado na nuvem, é possível acrescentar aplicativos adicionais ao núcleo amplamente padronizado do SAP S/4HANA. Além disso, a quantidade de aplicativos personalizados aumenta, e é possível desenvolver aplicativos independentes com base em SAP HANA. A SAP opera o SAP HANA Cloud Platform para seus clientes em seus próprios centros de processamento de dados. Aplicativos Java, soluções desenvolvidas para tablets e smartphones e a integração de aplicativos da nuvem ao mundo existente no local pertencem à oferta de plataforma como serviço.

  1. O argumento único de venda do SAP HANA: processar dados transacionais e analíticos de uma só vez

Enquanto os add-ons in-memory dos concorrentes precisam até hoje copiar os dados que serão processados na memória de trabalho, a SAP dispensa essa etapa. A vantagem: quando são feitos lançamentos, esses pagamentos são refletidos imediatamente nas análises solicitadas pelo departamento de Controlling. Dados transacionais e analíticos provêm de uma única fonte. “Temos uma representação de dados que possibilita análises profundas, se necessário até o nível de documento”, explica o especialista em SAP HANA, Holger Seubert.

Com ess geração de bancos de dados no centro, a plataforma SAP HANA é ideal para auxiliar as empresas na transformação para a economia digital. Porque esse caminho demanda uma infraestrutura de TI ágil, aberta, segura e absolutamente confiável.

Outras informações:

Saiba mais sobre o SAP HANA nos nossos frequentes seminários na web, na página de informações da SAP ou na página de tópicos do SAP News Center.

Encontre mais informações sobre o desenvolvimento e a importância da tecnologia in-memory no livro: “The In-Memory Revolution” de Hasso Plattner e Bernd Leukert.

Tags: ,

Deixe uma resposta