Soccer team in a huddle

Gestão de cidades – tecnologia para engajar os cidadãos

26 de Julho de 2016 Por Ivy Leça 94

Muitos gestores já estão investindo em potentes tecnologias, como a IoT (Internet das Coisas), para tornar a gestão de cidades e centros urbanos mais inteligente. O próximo passo agora é iniciar a jornada da digitalização de serviços e convidar os cidadãos a se engajarem nessas mudanças.

Gestores de instituições públicas ao redor do mundo estão digitalizando seus serviços de transporte, saneamento básico, gestão de contas, impostos, multas e licenças e muitos outros a fim de tentar se conectar de forma mais profunda, ágil e eficaz com a sociedade. Desta forma é possível engajar os cidadãos e extrair dados e feedbacks sobre a gestão por meio de diferentes tecnologias, especialmente as móveis.

A cidade de Boston criou um programa online de gestão de desempenho da cidade, o Boston About Results (BAR). Por esse sistema os gestores conseguem reunir feedbacks sobre o desenvolvimento dos bairros, os serviços de segurança e de limpeza das ruas, entre outras coisas, e fornecer informações interessantes aos cidadãos sobre seu trabalho, como quanto tempo a gestão leva para reparar um buraco em uma via.

Dessa forma a gestão consegue manter um outro nível de comunicação não apenas com os moradores de Boston, como também com as empresas e visitantes da cidade.

Com o BAR, a gestão da cidade de Boston consegue mostrar mais transparência, que é um ponto importante para garantir o engajamento dos cidadãos. Este engajamento, por sua vez, é essencial para a coleta e análise de dados, que resulta em gráficos de desempenho disponíveis para os usuários do sistema, além de fornecer insights de como a gestão pode atender melhor as demandas da comunidade.

A Espanha foi um dos países europeus mais atingidos durante a recessão em 2008. A partir desse ponto, a cidade de Barcelona começou a investir na sua jornada de digitalização, a fim de se tornar uma cidade inteligente, melhorando a qualidade de vida de seus moradores e, consequentemente, sua economia.

Atualmente Barcelona oferece diversos pontos de acesso Wi-Fi espalhados por toda a cidade. Com o objetivo de aliviar o congestionamento e tornar o trânsito pela cidade mais amigável, a gestão de Barcelona incorporou sensores no pavimento das vias que encontram vagas disponíveis para estacionar e informam os motoristas.

Assim como Barcelona, a cidade de Edimburgo também está transformando a experiência dos cidadãos. Ambas as cidades oferecem acesso Wi-Fi, além de monitores touchscreen que disponibilizam guias para explorar o mapa local e os estabelecimentos ao redor dos abrigos de ônibus.

Soluções móveis estão se tornando o caminho mais rápido para permitir que as pessoas reportem problemas, solicitem melhorias ou busquem mais informações e ajuda da prefeitura ou governo. Os gestores das cidades sabem da importância de interagir e responder rapidamente e de forma eficaz as necessidades dos cidadãos, por isso cada vez mais instituições públicas vêm adotando plataformas potentes para lidar com as enormes quantidades de dados recebidas em tempo real e entregar mais valor para sua comunidade.

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta