Soccer team in a huddle

Black Friday e o amadurecimento dos e-commerces no Brasil

30 de Novembro de 2016 Por Ivy Leça 31

A Black Friday passou e provou que a data está cada vez mais consolidada na agenda do consumidor brasileiro.

Segundo dados a Ebit, empresa especializada em informações do comércio eletrônico brasileiro, as vendas online durante a Black Friday cresceram 17% em relação ao ano passado, contabilizando cerca de R$ 1,9 bilhão em vendas na edição deste ano.

E os números não param de surpreender: apenas entre 0h e 23h59 da sexta-feira, foram realizados mais de 2 milhões de pedidos. O número de reclamações sobre as lojas e ofertas também caiu consideravelmente, foram registradas 2.912 reclamações, 33% a menos que em 2015.

Esses dados mostram que a Black Friday no Brasil está amadurecendo, tanto por parte dos consumidores, que estão cada vez mais exigentes e bem informados – consultas sobre a reputação dos lojistas cresceram 26% – quanto por parte dos lojistas, que estão se preparando com mais antecedência para conseguir suprir a demanda do evento.

Para atender as necessidades e as exigências dos consumidores, os e-commerces estão colocando a equipe de TI como principal responsável por garantir o bom desempenho no atendimento e nas vendas.

A segurança ainda é um dos obstáculos para conquistar novos clientes. Muitos deles preferem a compra na loja física por medo de terem seus dados roubados ou expostos. Durante eventos como a Black Friday, com grande fluxo de vendas, os lojistas precisam reforçar a defesa e sigilo dos dados de seus clientes para garantir que a confiança não seja quebrada.

Um dos erros mais graves, e talvez o mais comum, cometido pela maioria dos varejistas online nas edições anteriores da Black Friday foi a falta de gestão adequada de estoque. Sem uma análise prévia de dados as empresas não conseguiram estimar a demanda, e sem um sistema integrando pedidos e depósito, muitos vendiam o que já não tinham mais em estoque. Isso gerava uma bola de neve na cadeia de suprimentos e abastecimento, e muitos clientes ficaram sem seus produtos. Por isso, contar com um sistema integrado deve ser o primeiro passo para evitar esse tipo de situação.

Com a conscientização dos lojistas sobre a necessidade de envolver a TI na estratégia para garantir uma boa experiência do cliente durante a Black Friday, a tendência é que os números do evento não parem de crescer.

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta