Soccer team in a huddle

Tendências de marketing de conteúdo para investir seu budget em 2017

21 de Dezembro de 2016 Por Ivy Leça 117

A maioria das marcas já percebeu a importância do marketing de conteúdo para o negócio. Contar uma história que envolva e conecte o cliente com o que sua empresa faz é muito mais significativo para a marca do que trabalhar com anúncios sem um contexto. Confira as principais tendências de marketing de conteúdo para 2017 e saiba onde investir seu budget.

Transmissões de vídeo ao vivo

2016 foi o ano do grande boom para as transmissões de vídeos ao vivo. As redes sociais colaboraram muito para esse sucesso, com Periscope, Snapchat, Instagram e Facebook abraçando o vídeo ao vivo. O recurso se mostrou altamente eficaz para engajar e converter o público. De acordo com a pesquisa "B2B Video Content Marketing Survey Results” da Web Video Marketing Council, 73% dos profissionais de marketing e agências entrevistadas afirmam que ações de vídeo impactaram positivamente os resultados de marketing.

Os vídeos ao vivo ganharam maior destaque graças a sua instantaneidade. Muitas marcas estão explorando esse recurso na cobertura de eventos e em lançamentos de produtos, buscando atingir o público que deseja receber conteúdo em primeira mão.

Comunicação via e-mail

Você pode até pensar que newsletter é uma ferramenta muito antiquada, mas tente pensar nela como uma curadoria de conteúdo, um e-mail marketing significativo. Em um mundo cada vez mais veloz e cheio de dados, oferecer um serviço de seleção de conteúdo altamente relevante pode ser a melhor maneira de atingir seu público de forma eficiente. Uma prova da demanda por esse tipo de comunicação é o crescimento de 145% no número de inscrições na newsletter do Washington Post. A newsletter é um dos cinco top drivers de tráfego do Buzzfeed.

Os melhores boletins informativos, e-mails marketing ou newsletters devem ser pensados no público omnichannel, o formato tem que ser visualmente agradável e compatível com todas as telas de dispositivos possíveis. O conteúdo deve ser totalmente personalizado, relevante e envolvente.

Storytelling

O marketing de conteúdo e o storytelling continuam em alta. Propaganda invasiva e agressiva e com conteúdo meramente comercial não é mais eficaz. A nova geração de consumidores tem aversão às marcas que ficam se vangloriando por serem "boas", já que oferecer qualidade nada mais é do que sua obrigação. Por isso o velho discurso de "somos os melhores, os maiores, temos a melhor qualidade" provavelmente só vai ajudar a afastar os clientes.

É importante que os profissionais de marketing sejam bons contadores de histórias, e isso significa parar de falar da marca e das inúmeras qualidades do produto e passar a envolver o público em uma narrativa diferente, na qual ele se identifique, e que ao mesmo tempo tenha uma ligação natural com os valores da marca. O que um novo modelo de carro pode entregar às pessoas? Não, não estamos falando da potência do motor, do ar-condicionado e do novo teto solar, mas sim de liberdade e comodidade, de poder levar os filhos para a escola e depois ir para o trabalho ou de pegar a estrada no fim de semana.

Realidade Virtual

A tendência mais inovadora e com maior potencial disruptivo para o marketing nos próximos anos certamente é a Realidade Virtual.

A RV está se desenvolvendo rapidamente, apesar de ainda ser uma novidade para o marketing, o que torna o recurso ainda mais atraente. As marcas que apostarem em ações com RV têm a oportunidade de se diferenciarem da concorrência.

Outro motivo que coloca a RV no topo das tendências de marketing é a possibilidade de oferecer experiências únicas, interativas e criativas. Especialmente em um mercado dominado pelas gerações Z e Millennial, que valorizam o marketing experiencial.

Um estudo recente da Harris Group revelou que mais do que 3 em cada 4 Millennials (78%) prefere gastar dinheiro em uma experiência ou evento do que coisas físicas.

Especialistas estão chamando a Realidade virtual de "máquina da empatia” (the empathy machine), pois permite uma interação entre cliente e marca muito mais próxima e pessoal do que outros meios de publicidade em que o público é apenas uma plateia.

Essas são as principais tendências que devem guiar o marketing de conteúdo no próximo ano, sua marca está preparada?

Tags: , , ,

Deixe uma resposta