SAPPHIRE Regressa ao Parque das Nações

March 22, 2002 by SAP News 0

Mega-conferência traz 7 mil pessoas a Lisboa

LisboaA SAP Portugal, o fornecedor líder de soluções de e-business, e o Turismo de Lisboa, anunciam que o SAPPHIRE 2002, o maior evento europeu de e-business, vai ter de novo Lisboa como palco, sendo a primeira vez na história que se repete o local de realização deste mega-evento, o que acaba por reflectir o grau de satisfação alcançado pela edição de 2001, e pelo trabalho da subsidiária portuguesa.

Segundo elementos da organização, este facto deve-se não só ao excelente clima e ambiente vivido na cidade de Lisboa, como também às características do Parque das Nações, que fazem da área um local único para a realização de eventos desta grandeza, pela oferta múltipla de espaços de exposição e congressos, para além da capacidade de que dispõe em termos de restaurantes e equipamentos de lazer.

São esperados em Lisboa cerca de 7 mil visitantes para assistir ao SAPPHIRE 2002, um evento que reúne clientes e parceiros da empresa, para além de especialistas, analistas e imprensa de todo o mundo, que terão a oportunidade de assistir a exposições, debates e apresentações de novas ideias e soluções para as empresas.

Para José Duarte, Director-Geral da SAP Portugal, "a realização pela 2ª vez consecutiva do SAPPHIRE em Portugal é motivo de grande orgulho e satisfação para a subsidiária portuguesa. Este acontecimento é a confirmação da capacidade do país e da cidade de Lisboa para receber um evento desta natureza e, especialmente para a SAP, representa o momento por excelência para demonstrar todo o seu potencial e mais valia junto dos seus mais diversos públicos."

Um evento desta grandeza não podia também deixar de ter um profundo impacto na cidade que o acolhe. De acordo com dados facultados pelo Observatório do Turismo de Lisboa, o SAPPHIRE representará para a cidade um aumento nas receitas de cerca de 16%, caso o mês de Setembro de 2002 venha a ter taxas de ocupação idênticas ao ano anterior. O número de quartos exclusivamente reservados para os congressistas deverá atingir os 5.700 quartos/dia, num total de 3 dias, o que significa uma ocupação superior a 17 mil quartos.

A confirmarem-se estes números, e considerando que o mês de Setembro de 2002 venha a ter uma ocupação idêntica ao verificado no ano anterior, a ocupação média de quartos na cidade de Lisboa deverá subir durante o período da conferência para valores superiores aos 90%.

Os números da edição de 2001 revelam a importância de um evento desta natureza para uma cidade como Lisboa. O SAPPHIRE constitui, pela sua natureza, um acontecimento de grande interesse qualitativo, pela sua componente informativa e natureza global. Em termos quantitativos, trata-se, seguramente, de uma das maiores conferências realizadas em Portugal.