‘Financial Times 500’: SAP foi a empresa que maior capitalização alcançou em 2002

June 11, 2002 by SAP News 0

LisboaA SAP AG, o fornecedor líder de soluções de e-business, protagonizou uma das maiores escaladas de sempre no ranking Financial Times 500 (FT 500), lista produzida anualmente pelo diário financeiro “Financial Times” (FT), que engloba as 500 maiores empresas do mundo. Na lista de 2002, a SAP foi a empresa que mais lugares ganhou, saltando da 310ª para a 73ª posição, no espaço de um ano.

O FT500 pretende fazer uma ‘radiografia’ anual do estado das maiores empresas mundiais, sendo que a Capitalização de Mercado é o principal critério de análise: quanto maior é o valor atribuído às acções de determinada empresa pelos mercados de capitais, melhor é a sua classificação no ranking. A Capitalização de Mercado determina-se através do número de acções que uma empresa tem dispersas pelo mercado, multiplicado pelo valor de mercado dessas mesmas acções no dia em que a avaliação é levada a cabo. Este ano, a ‘radiografia’ foi feita a 28 de Março.

De acordo com esta avaliação, a SAP é agora a quarta maior empresa da Alemanha, apenas atrás da Telekom, Allianz e Siemens.

O FT classifica esta evolução da SAP como sendo “extremamente positiva, especialmente até porque a SAP regista um comportamento diametralmente oposto ao panorama geral da indústria de TIs. A maior parte das empresas tecnológicas perdeu ‘status’, de forma significativa, no actual ranking”.

O FT realça também que “os resultados deste ano revelam que a diferenciação entre as empresas da velha economia e da nova economia já não faz qualquer sentido. O FT 500 de 2002 demonstra que a divisão actual deve ser feita entre as empresas da velha nova economia e da nova nova economia”.

Recorde-se que ainda no passado mês de Dezembro de 2001, a SAP tinha sido eleita a Melhor Empresa de software do Mundo pela revista norte americana Global Finance, especializada na área da economia e finanças, durante a quarta edição do seu prémio “The World’s Best Companies 2001”. Partindo de diversos factores, tanto económicos como empresariais, a equipa de analistas desta prestigiada publicação elabora todos os anos um ranking que engloba 25 sectores diferentes, escolhendo em cada um deles a melhor empresa do mundo.

Tags: