Receitas de software da SAP crescem 5% no primeiro trimestre de 2004

April 23, 2004 by SAP News 0

As receitas de Software nos Estados Unidos tiveram um aumento de 45%
Os resultados líquidos cresceram 23%

LisboaA SAP AG anunciou ontem os seus resultados financeiros preliminares para o Primeiro Trimestre de 2004, que terminou a 31 de Março.

Receitas do primeiro trimestre de 2004

  • As receitas de Software foram de €370 milhões (2003: €352 milhões), o que representa um aumento de 5% face a 2003. A uma taxa constante de conversão de divisas1, as receitas de software cresceram 11% no período homólogo do ano passado.
  • As receitas de Software nos Estados Unidos aumentaram 45%, o que a uma taxa constante de conversão de divisas representa 65%.
  • O total de receitas é de €1.6 mil milhões (2003: €1.5 mil milhões), o que representa um aumento de 2% quando comparado a 2003. A uma taxa constante de conversão de divisas o total de receitas cresceu 8% de ano para ano.
  • A percentagem de encomendas de novos clientes foi de 33%, o que representa o melhor resultado dos últimos 2 anos.

Lucros do primeiro trimestre de 2004

  • Os resultados operacionais foram de €333 milhões (2003: €298 milhões), o que representa um aumento de 12%, comparando com o ano passado. Os resultados operacionais pró-forma2 foram de €332 milhões (2003: €304 milhões), o que representa um crescimento de 9% quando comparado com 2003. A uma taxa constante de conversão de divisas, os resultados operacionais aumentaram 20% e os resultados operacionais pró-forma2 aumentaram 18%.
  • A margem operacional relativa ao primeiro trimestre de 2004 foi de 21.4%, o que representa uma evolução de 1.8 pontos percentuais comparado com igual período do ano passado. A Margem Operacional pró-forma2 foi de 21.3%, o que representa uma evolução de 1.3 pontos percentuais comparando com o ano passado.
  • Os resultados líquidos foram de €229 milhões (2003: €186 milhões), ou €0.74 por acção (2003: €0.60 por acção), o que representou um aumento de 23% comparando com o ano 2003. Os resultados líquidos pró-forma2 foram de €229 milhões (2003: €200 milhões), ou €0.74 por acção (2003: €0.64 por acção), o que representou um crescimento de 15% quando comparado com 2003.

Cash Flow do primeiro trimestre de 2004

  • O "cash flow" operacional foi de €859 milhões (2003: €791 milhões), o que representou um aumento de 9%, quando comparado ao ano passado. O "free cash-flow2" como uma percentagem do total de receitas foi de 53% (2003: 50%). A 31 de Março de 2004, a SAP tinha €2.9 mil milhões de activos líquidos (31 de Março de 2003: €1.9 mil milhões), o que representa um crescimento de 53% quando comparado com o ano passado.

Quota de Mercado das Empresas do mesmo Sector

  • Mais uma vez, a SAP, com receitas de software no valor aproximado de 450 milhões de Dólares, ganhou quota de mercado contra os seus quatro concorrentes mais directos. Numa base de análise referente a quatro trimestres, a quota de mercado mundial da empresa contra os seus concorrentes (compreendendo as 4 empresas mencionadas na nota 3), baseada nas receitas de software, foi de 54% no fim do primeiro trimestre de 2004, quando comparada aos 51% do período homólogo do ano passado.
  • Numa base de análise referente a quatro trimestres, a quota de mercado nos EUA da empresa contra os seus concorrentes (compreendendo as 4 empresas mencionadas na nota 4), baseada nas receitas de software, foi de 34% no fim do primeiro trimestre de 2004, quando comparada aos 25% do período homólogo do ano passado.

"Estamos satisfeitos com este começo de ano, pois estes resultados vão ao encontro das nossas expectativas para 2004" disse Henning Kagermann, CEO da SAP. "A nossa empresa nos Estados Unidos apresentou um excelente trimestre, o que demonstra a força da execução de vendas daquela organização."

Perspectivas

A SAP não mudou as suas perspectivas e continua a seguir as linhas já definidas para o ano de 2004:

  • Espera-se um crescimento de cerca de 10% face a 2003 em receitas de software.
  • A margem operacional pró-forma, o que exclui custos relacionados com os programas de compensação accionista e com as aquisições, espera-se que atinja um ponto percentual acima do nível atingido em 2003.
  • Os ganhos por Acção pro forma, excluindo os custos relacionados com os programas de compensação accionista e com as aquisições, espera-se que se situem entre os €4.20 por acção e os €4.30 por acção.
  • Estas perspectivas são baseadas na taxa de conversão presumida entre o dólar e o euro de $1.25 para €1.00.

Henning Kagermann acrescenta que "as empresas estão a olhar para os investimentos em software, como a base de suporte a oportunidades de crescimento e flexibilidade de negócio. Com o SAP NetWeaver e o nosso portfolio de produtos, estamos a ir ao encontro das necessidades dos nossos clientes em todos os mercados."

BUSINESS REVIEW – First Quarter 2004

Key figures at a glance (in € millions, unaudited)
SAP Group








  Revenue
1Q 2004
Revenue
1Q 2003
Change % Change
Software revenues 370 352 +18 +5%
Revenues 1,556 1,520 +36 +2%
Operating income 333 298 +35 +12%
Income before taxes 364 311 +53 +17%
Net income 229 186 +43 +23%
Headcount, in FTE (Mar. 31) 30,166 28,654 +1,512 +5%

Software Revenue by Region (in € millions, unaudited)
SAP Group










Revenue
1Q 2004
Revenue
1Q 2003
Change % Change
Total 370 352 +18 +5%
– at constant currency rates +11%
EMEA 197 205 -8 -4%
– at constant currency rates -3%
Americas 127 88 +39 +44%
– at constant currency rates +62%
Asia Pacific 46 59 -13 -22%
– at constant currency rates -17%

O crescimento de 5% nas receitas de software foi, essencialmente, atingido através da região da América, em especial através dos Estados Unidos. As receitas de software nos Estados Unidos aumentaram 45%, ou 65% a uma taxa constante de conversão de divisas. Na região que compreende a Europa, o Médio Oriente e África (EMEA), as receitas de software desceram 4%, ou 3% a uma taxa constante da conversão de divisas. A SAP continua a assistir a um ambiente difícil na Europa. Na Alemanha, as receitas de software desceram 1%. As receitas de software na região Ásia Pacífico (APA) foram 22% mais baixas, ou 17% a uma taxa constante de conversão de divisas. A descida da região APA foi resultado de 37%, ou 34% a uma taxa constante de conversão de divisas, da descida de receitas do software no Japão. No Japão, a SAP está a submeter-se a um realinhamento da sua força de vendas para adoptar um modelo que possibilite o aumento das vendas. Na China, a empresa continua a ter taxas de crescimento muito elevadas.

Total Revenue by Region (in € millions, unaudited)
SAP Group










Revenue
1Q 2004
Revenue
1Q 2003
Change % Change
Total 1,556 1,520 +36 +2%
– at constant currency rates +8%
EMEA 871 854 +17 +2%
– at constant currency rates +3%
Americas 500 468 +32 +7%
– at constant currency rates +21%
Asia Pacific 185 198 -13 -7%
– at constant currency rates -3%

Software Revenue by Solution (in € millions, unaudited)5
SAP Group








Q1 2004
ERP 156
SCM 81
CRM 71
PLM 31
SRM 24
Other 7

Notas

  1. Dados da unidade monetária constante que excluem o impacto das taxas de câmbio.
  2. Este comunicado de imprensa revela determinadas medidas financeiras, tais como "pro forma EBITDA", "free cash flow", Resultados Operacionais pro forma e Resultados Líquidos pro forma, que são considerados como medidas financeiras não-GAAP (non-GAAP). As medidas não-GAAP incluídas neste comunicado de imprensa foram harmonizadas com a medida GAAP mais próxima, como o exigido segundo as regras SEC, relativas ao uso de medidas financeiras não-GAAP. As Receitas Operacionais pro forma e as Margens Operacionais pro forma excluem os encargos dos programas de compensação accionista e aquisições.
  3. A quota de mercado mundial baseia-se nas receitas de software, em US dólares, da Microsoft Corp. (apenas no segmento da Business Solutions), da Oracle Corp. (apenas no segmento de aplicações de negócio), da PeopleSoft e da Siebel Systems, os quatro grandes concorrentes da SAP (para os fornecedores que ainda não publicaram os seus resultados, a SAP recorre a estimativas de analistas). Os resultados da SAP foram convertidos para dólares americanos.
  4. A quota de mercado nos EUS baseia-se nas receitas de software, em US dólares, da Microsoft Corp. (apenas no segmento da Business Solutions), da Oracle Corp. (apenas no segmento de aplicações de negócio), da PeopleSoft e da Siebel Systems, os quatro grandes concorrentes da SAP (para os fornecedores que ainda não publicaram os seus resultados, a SAP recorre a estimativas de analistas). Os resultados da SAP foram convertidos para dólares americanos.
  5. Estes números incluem as receitas de determinados contratos de soluções, assim como os números dos contratos de soluções integradas, que são alocados segundo levantamentos de utilização fornecidos por clientes da SAP.

Informação Adicional

Tags: