Estudo revela que os Bancos adoptam cada vez mais Software Standard

December 15, 2004 by SAP News 0

Os sistemas ERP substituem software desenvolvido internamente pelos Bancos. O objectivo é melhorar processos empresariais e criar ambientes flexíveis e abertos.

LisboaA European Business School (EBS) anunciou os resultados de um estudo, patrocinado pela SAP, sobre a utilização de software ERP (Enterprise Resource Planning), pelo sector da Banca. Este estudo abrangente analisa os resultados de um questionário aprofundado, preenchido por quadros gestores de mais de 100 dos maiores bancos do mundo, dando uma perspectiva da evolução da utilização do software ERP nos bancos, na gestão das operações empresariais. O estudo revela que:

  • As aplicações standard de ERP estão rapidamente a substituir o software desenvolvido internamente. O ERP é uma tecnologia de mérito comprovado e em crescimento na Banca, com aproximadamente 50% dos bancos inquiridos já a utilizarem um software standard ERP, e mais 14% com intenções de compra de software ERP. Há cinco anos, os pacotes de software standard representavam menos de 40% do software nos bancos; mas prevê-se que o número atinja os 60% durante os próximos anos.
  • A necessidade de melhorar os processos empresariais leva à adopção do software ERP. Melhorar a eficiência dos processos empresariais e a necessidade de maior transparência e qualidade na informação são as duas principais razões citadas para a adopção de um sistema ERP, segundo os inquiridos. A facilidade de utilização é também citada como um factor-chave nas decisões de compra. As novas soluções ERP com funções de portal estão a aumentar a aceitação e a adopção pelo utilizador final.
  • Os Bancos requerem capacidades de integração. A possibilidade de integração do software ERP com outros sistemas de TI é de importância vital para os bancos. A maioria dos bancos inquiridos, perto de 60%, prefere utilizar soluções de TI de diversos fornecedores, a adquirir todo o software a um único fabricante. A integração também é um factor importante para os bancos envolvidos em fusões e aquisições, onde seja necessária a integração de dados de múltiplos cenários de TI.
  • Os Bancos identificaram os principais critérios para o sucesso de um sistema ERP. O apoio dos quadros superiores, directrizes exactas e um envolvimento antecipado dos utilizadores são os factores mais citados como fundamentais para o sucesso de uma implementação ERP, demonstrando a importância crescente e estratégica do software ERP, que contempla quase todas as áreas de negócio de um banco.

Bancos mudam para Software Standard para aumentar a competitividade

Os bancos têm, tradicionalmente, vindo a utilizar sistemas de software desenvolvidos e personalizados internamente, para a gestão das suas necessidades de software de back-office e de front-office. A passagem para o software standard representa uma grande mudança na posição dos bancos, como resposta a uma concorrência mais renhida, a menores margens, a novas imposições legais, e a cada vez mais fusões e aquisições. As pressões competitivas obrigaram os bancos a centrarem-se na forma de integrar os sistemas de TI, utilizando os activos de TI já existentes, criando valor, enquanto, por outro lado, constroem e implementam soluções adicionais ou passam por uma fusão ou aquisição. A evolução dos sistemas de TI para arquitecturas flexíveis, adaptáveis, orientadas para os serviços, e que facilitem a integração, irá tornar o software standard ERP cada vez mais atraente para os bancos.

"O nosso estudo é a análise mais completa, que já foi feita até à data, sobre a utilização do software ERP na banca internacional”, disse o Prof. Dr. Dirk Schiereck, Endowed Chair for Banking and Finance da European Business School. “O desejo de crescimento do negócio dos bancos, de poderem evoluir e integrar sistemas, e a necessidade de uma funcionalidade multifacetada e de uma fácil utilização representam os principais factores que influenciam as decisões de compra de software ERP, surpreendentemente mais que as considerações de custos. Isto é indicativo de uma compreensão clara e cada vez maior, por parte dos bancos, do valor estratégico e de longo prazo do enterprise resource planning".

"Ao contrário do que é a ideia comum, os bancos em todo o mundo estão a utilizar soluções ERP para transformarem os seus negócios em organizações flexíveis, baseadas em processos empresariais modernos e comprovados”, disse Thomas Balgheim, vice-presidente sénior de Serviços Financeiros da SAP. “Os bancos procuram soluções de software de back-office, como as da SAP, para servirem de espinha dorsal para as suas infra-estruturas de TI, ajudarem a standardizar e a integrar vários sistemas de TI heterogéneos, e para reduzir a complexidade e os custos gerais de manutenção".

O estudo, intitulado “ERP in Banking”, foi conduzido pela European Business School (EBS), Endowed Chair for Banking and Finance and Chair for Information Systems, com o patrocínio da SAP. O estudo encontra-se disponível para download em www.erp-survey.com.

Sobre a EBS
A European Business School foi fundada em 1971 e é a escola de negócios privada mais antiga na Alemanha. A EBS oferece uma combinação intensiva de teoria e prática em educação e pesquisa, com um enfoque internacional.

Tags: ,