As receitas de software da SAP cresceram 10% no primeiro trimestre de 2007

April 23, 2007 by SAP News 0

LisboaA SAP AG, o fornecedor líder mundial de soluções de software empresarial, anunciou os seus resultados financeiros preliminares para o primeiro trimestre de 2007, com o período em análise a terminar a 31 de Março do mesmo ano.

Destaques do Primeiro Trimestre de 2007

Receitas

  • As receitas de software e de serviços relacionados com software foram de €1.52 mil milhões para o primeiro trimestre de 2007 (2006: €1.39 mil milhões), o que representa um aumento de 9% comparado com o mesmo período em 2006. A uma taxa constante de conversão de divisas¹, as receitas de software cresceram 15%.
  • As receitas de software foram de €563 milhões (2006: €514 milhões), representando um aumento de 10% comparado com o mesmo período em 2006. A uma taxa constante de conversão de divisas¹, as receitas de Software cresceram 16%.
  • As receitas totais do primeiro trimestre de 2007 foram de €2.2 mil milhões (2006: €2.0 mil milhões), o que representa um aumento de 6%, quando comparado a igual período em 2006. A uma taxa constante de conversão de divisas¹, as receitas totais cresceram 11% no primeiro trimestre de 2007.

Lucros

  • Os resultados operacionais para o primeiro trimestre de 2007 foram de €433 milhões (2006: €409 milhões), o que representa um aumento de 6% quando comparado com o primeiro trimestre de 2006.
  • A margem operacional no primeiro trimestre de 2007 foi de 20.0%, valor estagnado quando comparado com o mesmo período de 2006.
  • Os resultados líquidos do primeiro trimestre de 2007 foram de €310 milhões (2006: €282 milhões), ou de €0.26 por acção (2006: €0.23 por acção), o que representou um aumento de 10%, em comparação com igual período de 2006.

Quota de Mercado de Aplicações de Negócio
A SAP continuou a ganhar quota de mercado no primeiro trimestre de 2007. Baseada nas receitas de software e de serviços relacionados com software, em quatro trimestres consecutivos, a quota de mercado da SAP, como fornecedor mundial de aplicações de negócio, está contabilizada em aproximadamente $34.8 mil milhões e cresceu até aos 25.1% no período de quatro trimestres, com término a 31 de Março de 2007, em comparação com a quota de 24.5% à data de 31 de Dezembro de 2006. Quando comparado com os quatro trimestres consecutivos que terminaram em 31 de Março de 2006, o ganho de quota, de ano para ano, foi de 2.4 pontos percentuais.

“Estamos muito satisfeitos com os resultados do primeiro trimestre de 2007. A uma taxa constante de conversão de divisas, registámos um forte crescimento nas receitas de software e de serviços relacionados com o software. A SAP registou igualmente um crescimento de dois dígitos em cada região”, afirma Henning Kagermann, CEO da SAP.

Kagermann continua “Com o SAPPHIRE à porta, mantemo-nos empenhados em dar continuidade ao sucesso que já conquistámos no nosso negócio para as pequenas, médias e grandes empresas. A nossa solução SAP ERP tem tido uma receptividade tremenda e a adopção da nossa Enterprise Services Oriented Architecture continua a crescer, em medição pela forte aceitação da Business Process Platform (BPP).

Para calibrar a ampla aceitação da Business Process Platform (BPP) é necessário olhar para o estrondoso crescimento das vendas de SAP ERP e de SAP NetWeaver. No final do primeiro trimestre, tínhamos mais de 8.500 clientes de SAP ERP, o que representou um aumento de 122% quando comparado com o mesmo período de 2006. As vendas do SAP NetWeaver foram de €156 milhões no primeiro trimestre, o que representou um ganho de mais de 40%, ao compararmos com o primeiro trimestre de 2006. Além disso, estamos a cumprir o prazo do nosso roadmap para a disponibilização integral do SAP Business Suite, assente na Business Process Platform (BPP) até ao final deste ano. Esperamos continuar a oferecer serviços empresariais adicionais durante todo o ano, para além dos 1.000 já disponibilizados.”

Cash Flow

  • O cash flow operacional foi de €848 milhões (2006: €858 milhões). O free cash flow¹ foi de €769 milhões (2006: €795 milhões), o que representa 36% do total das receitas (2006: 39%). A 31 de Março de 2007, a SAP tinha €3.8 mil milhões de activos líquidos e investimentos de curto prazo (31 de Março de 2006: €4.2 mil milhões). Este decréscimo foi o resultado da recompra de acções em 2006.

Retoma de Acções

  • No primeiro trimestre de 2007, a SAP retomou 9.6 milhões de acções a um preço médio de €35.16 (valor total: €339 milhões). Isto compara-se aos 10.1 milhões de recompra de acções (valor total: €423 milhões) no primeiro trimestre de 2006. Do total das acções compradas no primeiro trimestre de 2007, aproximadamente 0.6 milhões de acções foram usadas para servir exercícios baseados nos programas de compensação das acções da SAP. O número de recompra de acções no primeiro trimestre de 2007 representou 0.76% do total das acções excedentes. A 31 de Março de 2007, a empresa detinha uma carteira de acções no valor de 58.3 milhões (aproximadamente 4.6% do total das acções excedentes) a um preço médio de €35.33. O actual programa da SAP de recompra de acções permite à empresa comprar até 120 milhões de acções. Todos os números relacionados com as acções do ano anterior foram contabilizados e estão representados no aumento de capital de acções que teve efeito em Dezembro de 2006 e que aumentou eficazmente o número de acções excedentes para quatro vezes mais. Dada a forte geração de free cash flow¹ da SAP, a empresa planeia avaliar mais oportunidades para a recompra de acções no futuro.

BUSINESS OUTLOOK

The Company continues to provide the following outlook for the full-year 2007 as described in its January 24, 2007 fourth quarter results press release.

  • The Company expects full-year 2007 software and software related service revenues to increase in a range of 12% – 14% at constant currencies¹ compared to 2006 growth of 12% at constant currencies1.
  • In order to address additional growth opportunities in new, untapped segments in the midmarket, the Company will invest an additional €300 million – €400 million over eight quarters to build up a new business.
    Depending on the exact timing of these accelerated investments, this is equivalent to the Company reinvesting approximately one to two percentage points of margin in 2007 into additional future growth opportunities.
    Therefore, the Company expects the full-year 2007 operating margin to be in the range of 26.0% to 27.0% compared to the 2006 operating margin of 27.3%.
  • The Company is projecting an effective tax rate of 32.5% – 33.0% for 2007.

Regional Performance

First Quarter 2007 Software and Software Related Service Revenues by Region (in €millions, unaudited) — SAP Group

Software & SW Related Service Revenues Q1 2007 Software & SW Related Service Revenues Q1 2006 Change % Change Constant Currency %Change
Total 1,519 1,388 +131 +9% +15%
EMEA 752 688 +64 +9% +10%
Asia Pacific 197 190 +7 +4% +10%
Americas 570 510 +60 +12% +22%

First Quarter 2007 Software Revenues by Region (in € millions, unaudited) — SAP Group

Software Revenues Q1 2007 Software Revenues Q1 2006 Change % Change Constant Currency %Change
Total 563 514 +49 +10% +16%
EMEA 237 220 +17 +8% +9%
Asia Pacific 77 70 +7 +10% +16%
Americas 249 224 +25 +11% +22%

First Quarter 2007 Total Revenues by Region (in € millions, unaudited) — SAP Group

Revenues Q1 2007 Q1 2006 Change % Change Constant Currency %Change
Total 2,166 2,041 +125 +6% +11%
EMEA 1,081 1,006 +75 +7% +8%
Asia Pacific 267 256 +11 +4% +11%
Americas 818 779 +39 +5% +15%

Informação Adicional

Tags: