SAP fecha 2008 com Crescimento de Dois Dígitos

January 28, 2009 by SAP News 0

A SAP aumenta a um ritmo de 14% as receitas de software e de serviços relacionados com software em 2008 e apresenta um crescimento nas receitas totais de 13%, registando uma facturação anual de 11.57 mil milhões de Euros.
Para 2009, a empresa espera um ambiente de desafio constante.

LisboaA SAP AG anuncia hoje os resultados financeiros preliminares para o quarto trimestre e para o ano que terminou no dia 31 de Dezembro de 2008.

Destaques do Ano de 2008

A operação da Business Objects é contemplada nos resultados desde 21 de Janeiro de 2008.

SAP – Full-Year 2008*
U.S. GAAP Non-GAAP**
€ million FY/2008 FY/2007 % change FY/2008 FY/2007 % change % change constant currency***
Software revenues 3,606 3,407 6 3,606 3,407 6 10
Software and software-related service revenues 8,457 7,427 14 8,623 7,427 16 20
Total revenues 11,567 10,242 13 11,733 10,242 15 19
Operating income 2,842 2,732 4 3,305 2,793 18 24
Operating margin (%) 24.6 26.7 -2.1pp 28.2 27.3 0.9pp 1.1pp
Income from continuing operations 1,925 1,934 0 2,266 1,975 15 _
Net income 1,888 1,919 -2 2,229 1,960 14 _
Basic EPS from cont. operations (€) 1.62 1.60 1 1.90 1.64 16 _

*All figures are preliminary and unaudited and are based on the current status of the purchase price allocation for the Business Objects acquisition which is not yet final.
** Revenue line items are adjusted for the Business Objects support revenue that Business Objects would have recognized had it remained a standalone entity but that SAP is not permitted to recognize as revenue under U.S. GAAP as a result of business combination accounting rules. Adjustments in the operating expense line items are for acquisition-related charges. See Explanation of Non-GAAP Measures at the end of the financial section of the press release for explanations of the Non-GAAP measures used in this press release and for related reconciliations to U.S. GAAP.
*** Constant currency Non-GAAP revenue and operating income figures are calculated by translating Non-GAAP revenue and Non-GAAP operating income of the current period using the average exchange rates from the previous year’s respective period instead of the current period. Constant currency period-over-period changes are calculated by comparing the current year’s Non-GAAP constant currency numbers with the Non-GAAP number of the previous year’s respective period. See Explanation of Non-GAAP Measures at the end of the financial section of the press release for details.

Receitas

  • As receitas de software e serviços relacionados com software U.S. GAAP do ano de 2008 foram de €8.46 mil milhões (2007: €7.43 mil milhões), o que representa um crescimento de 14% em comparação com 2007. As receitas Non-GAAP de software e de serviços relacionados com software, que excluem €166 milhões resultantes da aquisição da Business Objects, para o ano de 2008 foram de €8.62 mil milhões (2007: €7.43 mil milhões). Isto representa um crescimento de 16% (20% a uma taxa de câmbio constante) em comparação com 2007.
  • Excluindo a contribuição da Business Objects, o negócio da SAP contribuiu com 6 pontos percentuais, a uma taxa de câmbio constante, para o crescimento das receitas de software e de serviços relacionados com software Non-GAAP no ano de 2008.
  • As receitas totais U.S. GAAP no ano de 2008 foram de €11.57 mil milhões (2007: €10.24 mil milhões), o que representa um aumento de 13%. As receitas totais Non-GAAP, que excluem €166 milhões resultantes da aquisição da Business Objects, para o ano 2008 foram de €11.73 mil milhões (2007: €10.24 mil milhões), o que representa um aumento de 15% (19% a uma taxa de câmbio constante) comparativamente ao ano transacto.
  • As receitas de software U.S. GAAP para 2008 foram de €3.61 mil milhões (2007: €3.41 mil milhões), o que representa um crescimento de 6% (10% a uma taxa de câmbio constante) em comparação com 2007.

Lucros

  • Os resultados operacionais U.S. GAAP em 2008 foram de €2.84 mil milhões (2007: €2.73 mil milhões), o que representa um crescimento de 4% quando comparado com 2007. Os resultados operacionais Non-GAAP, que excluem o total de €463 milhões resultantes das receitas provenientes da aquisição da Business Objects e dos custos relacionados com a aquisição, foram de €3.31 mil milhões (2007: €2.79 mil milhões), o que representa um crescimento de 18% (24% a uma taxa de câmbio constante) quando comparado com 2007.
  • A margem operacional U.S. GAAP para o ano de 2008 foi de 24.6% (2007: 26.7%). A margem operacional Non-GAAP foi de 28.2% (2007: 27.3%), ou 28.4% a uma taxa de câmbio constante, o que representa um aumento de 1.1 pontos percentuais a uma taxa de câmbio constante. Ambas as margens operacionais U.S. GAAP e Non-GAAP reflectem 1) €32 milhões referentes a despesas resultantes de acordo em litígios (2007: €2 milhões) e 2) despesas referentes à integração da Business Objects (que não são despesas referentes à compra) de aproximadamente €35 milhões.
  • Os resultados líquidos U.S. GAAP de 2008 foram de €1.93 mil milhões (2007: €1.93 mil milhões), valor igual quando comparado com 2007. Os resultados líquidos Non-GAAP de operações contínuas, que excluem um total de €341 milhões referentes à aquisição da Business Objects e custos relacionados com a aquisição, foram de €2.27 mil milhões (2007: €1.98 mil milhões), o que representa um crescimento de 15% quando comparado com 2007.
  • Os ganhos por acção U.S. GAAP das operações continuadas para o ano completo de 2008 foram €1.62 (2007: €1.60), o que representa um crescimento de 1% em comparação com 2007. Os ganhos por acção Non-GAAP foram €1.90 (2007: €1.64), o que representa um crescimento de 16% quando comparado com 2007.

Quota de Mercado de Aplicações de Negócio

Baseada nas receitas U.S. GAAP do quarto trimestre de 2008 em software e serviços relacionados com software, numa base de quatro trimestres consecutivos, a quota de mercado mundial da SAP, entre os fabricantes de Aplicações Empresariais core que representam aproximadamente $38.6 mil milhões em receitas de software e de serviços relacionados com software, como definido pela empresa com base em estudos de analistas do sector, foi de 32.8% no período de quatro trimestres que terminou em 31 de Dezembro de 2008. Este número representa um aumento de 4.4 pontos percentuais, quando comparado com o período de quatro trimestres que terminou em 31 de Dezembro de 2007, sendo que aproximadamente 0.9 pontos percentuais resultam de crescimento orgânico e 3.5 pontos percentuais são referentes à aquisição das Business Objects.

“2008 pode ser descrito como um ano que teve dois semestres completamente opostos, em que o forte desempenho no primeiro semestre veio dar origem a um abrandamento no final do terceiro trimestre, devido ao início de uma das piores crises económicas e financeiras que o mundo testemunha. Contudo, globalmente, e apesar do clima económico desafiante, a SAP teve um bom ano, apresentando um crescimento total de dois dígitos em receitas de software e serviços relacionados com software e ganhos adicionais na sua quota de mercado em aplicações de negócio”, afirma Henning Kagermann, co-CEO da SAP. “Quando a crise se fez sentir, a SAP agiu prontamente, tomando as medidas necessárias para a contenção de custos. Como resultado, fomos bem sucedidos e excedemos as nossas expectativas de rendibilidade.”

Cash Flow

  • O cash flow operacional para o ano de 2008 foi de €2.18 mil milhões (2007: €1.95 mil milhões). O free cash flow para 2008 foi de €1.84 mil milhões (2007: €1.55 mil milhões), o que representa 16% das receitas totais (2007: 15%). A 31 de Dezembro de 2008, a SAP tinha um total de €1.7 mil milhões de activos líquidos (31 de Dezembro de 2007: €2.8 mil milhões), o que inclui cash e cash equivalents, restricted cash e investimentos de curto prazo.

Retoma de Acções

  • No ano de 2008, a SAP retomou 14.6 milhões de acções a um preço médio de €33.34 (€486.8 milhões). Do total de acções compradas no ano de 2008, 3.2 milhões de acções foram adquiridas por colaboradores da empresa com interesse na bolsa de acordo com programas de compensação baseados em acções da SAP. O número de acções recompradas em 2008 representa 1.2% do total das acções excedentes. A 31 de Dezembro de 2008, a empresa detinha uma carteira de acções no valor de 38.5 milhões (aproximadamente 3.1% do total das acções excedentes) a um preço médio de €35.43. No quarto trimestre de 2008, a SAP não recomprou quaisquer acções.

Ambiente de Negócio e Medidas de Contenção de Custos para 2009

A empresa espera que em 2009 o ambiente que envolverá a sua operação de negócio se irá manter num desafio constante. Adicionalmente, o ano de 2009 jamais considerará os efeitos positivos resultantes da aquisição da Business Objects, assim como os resultados que registar-se-ão no primeiro semestre de 2009 serão de difícil comparação com os fortes resultados registados no primeiro semestre de 2008.

A SAP irá dar continuidade às medidas de contenção de custos iniciadas em Outubro de 2008 e irá tomar novos passos para a redução de despesas. A SAP irá manter um controlo apertado dos custos no que diz respeito a despesas variáveis, incluindo custos relacionados com terceiras partes e despesas de capital. Adicionalmente, para adaptação da dimensão da empresa às actuais condições de mercado e ao vasto impacto da recessão global, a SAP tenciona reduzir a sua força de trabalho a nível global para 48.500 postos de trabalho até ao final de 2009. Para atingir este objectivo (a SAP irá disponibilizar mais informação em www.sap.com), a SAP não substituirá saídas normais e voluntárias de colaboradores. A empresa espera que a redução do número de postos de trabalho permita poupanças de custos anuais de €300 milhões a €350 milhões a ter início em 2010.

Previsões

A SAP disponibilizou as seguintes previsões para o ano de 2009:

À luz das actuais incertezas no ambiente económico e de negócio, a empresa decidiu não disponibilizar projecções específicas sobre as suas receitas de software e de serviços relacionados com software para o ano completo de 2009. Quanto à margem operacional Non-GAAP para 2009, que exclui um total de €9 milhões referentes à aquisição da Business Objects e custos relacionados com a aquisição, a empresa prevê situar-se entre os 24.5% e os 25.5% a uma taxa de câmbio constante. Esta margem inclui custos de reestruturação entre os €200 milhões e os €300 milhões, resultantes da redução da força de trabalho e que terão negativamente um impacto na previsão da margem operacional Non-GAAP de aproximadamente 2 – 3 pontos percentuais. As previsões de 2009 para a margem operacional Non-GAAP baseiam-se na premissa de que as receitas Non-GAAP de software e serviços relacionados com software em 2009, que excluem as receitas referentes à aquisição da Business Objects, vão manter-se nos seus valores ou diminuir 1% a uma taxa de câmbio constante (2008: €8.623 mil milhões).

A empresa prevê uma taxa efectiva de impostos entre os 29.5% – 30.5% (de acordo com os lucros operacionais U.S. GAAP) para 2009 (2008: 30.1%).

Use of Non-GAAP Financial Measures
This press release contains certain financial measures such as Non-GAAP revenues, Non-GAAP operating income, Non-GAAP operating margin, free cash flow, constant currency revenue and operating income measures, as well as U.S. Dollar based Non-GAAP revenue numbers. These measures are not prepared in accordance with U.S. GAAP and therefore are considered non-GAAP financial measures. Our non-GAAP financial measures may not correspond to non-GAAP financial measures that other companies report. The non-GAAP financial measures that we report should be considered as additional to, and not as a substitute for or superior to revenue, operating margin or our other measures of financial performance prepared in accordance with U.S. GAAP. See the financial section of this press release for additional information regarding the Non-GAAP measures included in this press release and for the reconciliations to the corresponding U.S. GAAP measures.

Core Enterprise Applications Vendor Share
The Company provides share data based on the vendors of Core Enterprise Applications solutions, which account for approximately $38.6 billion in software and software-related service revenues as defined by the Company based on industry analyst research. For 2008, industry analysts project approximately 5% – 6% year-on-year growth for Core Enterprise Applications vendors. For its quarterly share calculation, SAP assumed that this approximate 5% – 6% growth would not be linear throughout the year. Instead, quarterly adjustments are made based on the financial performance of a sub set of (approximately 40) Core Enterprise Application vendors.

Tags: , ,