e-Commerce: A receita nas nuvens

25 de Abril de 2012 Por SAP Blogs 0

Se a receita do e-Commerce no Brasil ainda não impressiona quando comparada a outros mercados (US$ 11 bilhões em 2011), o seu crescimento é de fazer inveja a qualquer país rico: com relação ao ano anterior, as vendas foram 26% maiores. A expectativa é que o número chegue a US$ 12,6 bilhões neste ano1.

Mas como fazer para obter uma parte destes 32 milhões de consumidores online, que gastam US$ 210,00 em média? Que tamanho deve ter sua loja virtual? Como deve ser configurada? Que funcionalidades deverá oferecer?

Estas perguntas já não são fáceis de responder. Acrescente a isso o fato de que as respostas que você dá hoje, podem mudar completamente amanhã – obrigando-lhe a rever tudo.

Felizmente, reformar uma loja virtual é muito mais fácil do que uma de tijolos e cimento. Mas isto é algo que você deve ter em mente desde o início, ao optar pela forma como vai organizá-la. Uma ótima opção que vem tomando força recentemente é o cloud computing, ou computação em nuvem.

O conceito é muito mais do que uma buzzword ou modismo, mas uma tendência que parece ter vindo para ficar. Ela apoia-se na distribuição e compartilhamento de uma série de funções, de forma a otimizar os recursos disponíveis e obter vantagens competitivas em quatro características fundamentais: velocidade, flexibilidade, acessibilidade e eficiência de custos.

Começando hoje, analisaremos cada um destes aspectos em detalhes e como fazer para tirar o máximo proveito deste novo modelo de negócios. Veremos como até mesmo as pequenas empresas podem se beneficiar do cloud computing para gerar mais negócios, com baixo investimento e um gerenciamento simplificado.

E para não perder nenhum texto desta e de outras séries, assine a nossa newsletter e receba todos os artigos no seu email http://bit.ly/Iabk5S

 

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta