Mitos e verdades sobre SAP HANA

6 de Dezembro de 2012 Por SAP Blogs 0

A prioridade da SAP é ajudar seus clientes a enfrentar os desafios nos negócios aplicando as melhores soluções tecnológicas. Com este lema foi criado o SAP HANA.

A superioridade de SAP HANA não está baseada unicamente no fato de que suporta carregamentos OLAP e OLPT, é a sua implementação que o faz revolucionário.

O vice-presidente sênior de táticas sociais e digitais da SAP, Mark Yolton, compartilhou uma série de artigos e links para esclarecer as características do SAP HANA e desmentir alguns mitos e mal-entendidos. Saiba quais são os principais fundamentos para esta situação:

SAP HANA é muito mais que uma base de dados

O whitepaper mais recente publicado pela SAP revela que SAP HANA possui uma arquitetura completamente nova, desenhada para ser compatível com os negócios em tempo real. Segundo o diretor sênior do mercado de plataformas na SAP, Ken Tsai, “a superioridade de SAP HANA não está baseada unicamente no fato de que suporta carregamentos OLAP e OLPT, é a sua implementação que o faz revolucionário”.

SAP HANA não está pensado só para análises

SAP HANA é um software de administração de dados in-memory, que permite às pequenas e médias empresas acessar a informação em tempo real. Ao ajudar às empresas a tomarem decisões baseadas em dados recentes, a solução revoluciona a tomada de decisões, melhorando dramaticamente a velocidade dos processos e o acesso a grandes quantidades de dados em curtos períodos.

SAP HANA está desenhado para conjuntos de dados massivos
A solução permite às empresas otimizar suas operações de negócios analisando enormes quantidades de dados em tempo real. Uma prova é o teste realizado pela SAP sobre 100TB de dados, que demonstrou que SAP HANA é extremamente eficiente e escalável. Seus resultados podem ser consultados neste white paper

 

Referências: http://scn.sap.com/community/hana-in-memory/blog/2012/10/03/collection-of-sap-hana-assets-for-easy-reference

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta