A tecnologia in-memory colabora na luta contra o câncer

6 de Dezembro de 2012 Por SAP Blogs 0

Os avanços tecnológicos impactam cada vez mais nossa vida cotidiana. Entre as diversas melhorias realizadas, talvez as mais satisfatórias sejam as vinculadas à Medicina, a Saúde e qualidade de vida das pessoas e a luta contra as doenças.

A tecnologia in-memory também pode ter impactos reais no setor de saúde.

Não se trata só de tomógrafos ou microscópios. Conforme um artigo publicado pelo CIO InfoWorld, a tecnologia in-memory também pode ter impactos reais no setor de saúde. O laboratório japonês Mitsui Knowldege Industry (MKI) começou a utilizar SAP HANA para a análise de grandes volumes de dados, com o objetivo de detectar antecipadamente o câncer, desenvolver tratamentos personalizados e colaborar no desenvolvimento de novos tratamentos.

O laboratório coleta e processa a informação de todos os seus pacientes para encontrar padrões que relacionem o genoma e o caso de cada um e assim lhes recomendar o tratamento mais adequado. Com a ajuda do SAP HANA, este processo que antes demorava dias tem agilizado enormemente. A solução permitiu crar de uma plataforma big data única que consolida todos os dados dos pacientes e habilita a análise em tempo real. Desta maneira, consultas complexas que podiam demorar meses ou eram impossíveis de realizar hoje podem ser realizadas em 20 minutos.

Segundo afirma John Pappandrea, presidente global de Soluções para o Setor de Saúde da SAP AG, com SAP HANA, “o laboratório é capaz de realizar uma análise efetiva e rápida das sequências de genoma para dar um passo de avanço na luta contra o câncer, já que se compara um grande número de atributos para realizar uma investigação mais eficiente e melhorar as probabilidades de encontrar uma cura.”

Através destas melhorias, SAP HANA colabora com a descoberta de causas da doença, permite a atenção ao paciente baseada em resultados de análise genômica em uma só visita ao médico e ajuda a identificar a mutação de ativos para gerar novos medicamentos.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta