Ingredientes para reinventar o mobile banking

24 de Junho de 2013 Por SAP Blogs 0

mobile banking

Um estudo realizado pela consultora Fjord propõe aos bancos direcionar seus serviços para a atenção ao cliente, melhorando a experiência do usuário através das inovações tecnológicas. Veja oito chaves que o setor bancário deve aproveitar para reinventar o mobile banking:

1) Desenho: Seu objetivo é proporcionar ao cliente um valor adicional e cubrir todas as suas necessidades. Por isso, os bancos devem estar seguros de que o desenho esteja presente na estratégia da companhia.

2) Novos canais: A investigação mostra que os clientes mais valorizados pelo setor bancário utilizam múltiplos canais digitais para sanar suas necessidades. Estes clientes esperam serviços de qualidade compatíveis com tablets e outros dispositivos de última geração.

3) Transparência: Não há motivo para que os bancos não possam promover o diálogo com seus clientes utilizando as redes sociais e uma linguagem menos impessoal.

4) Assistente de finanças: Os bancos devem se transformar em assessores de seus clientes, aconselhando-os sobre investimentos e negócios.

5) Convergência do comércio real e virtual: Os smartphones têm se transformado em computadores de mão que permitem integrar o comércio real com os serviços digitais. Isso significa que os usuários exigem rapidez e conveniência em aplicações de mobile banking.

6) Modernização: Os bancos devem se adequar às novas preferências dos clientes, levando seus investimentos ao ambiente digital. Os dispositivos móveis, como os smartphones e os tablets, também devem estar presentes no redesenho de escritórios.

7) Gerar valor a partir da informação:  Os dados pessoais que os bancos coletam devem ser utilizados em benefício dos clientes. O resultado será clientes mais fiéis e rentáveis.

8) Segmentação: Uma das tendências mais novas no mobile banking é a possibilidade de criar serviços que permitem se dirigir a diferentes tipos de usuários segundo diferentes critérios demográficos e geográficos.

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta