Fortalecendo a cadeia de abastecimento para crescer como empresa.

Diversos estudos de marketing recomendam acompanhar de perto os concorrentes para realizar melhores negócios, no entanto, agindo assim, muitas empresas deixam de lado elos fundamentais de suas cadeias de valor: clientes, colaboradores e fornecedores.

slide_how_supply_chain

Um recente artigo publicado no European Financial Review, analisa uma série de vantagens de priorizar a formação de redes de negócios em relação a ideia da competição desmedida no mercado, e o impacto que representam na cadeia de abastecimento de uma empresa.

Dentro deste ramo da logística, as redes de negócio têm um papel protagonista:

  • Permitem a criação de novas oportunidades de negócios;
  • Reduzem de custos e dão a oportunidade de fechar melhores contratos com fornecedores;
  • Facilitam o acesso a materiais e a um mercado mais amplo;
  • Permitem o acesso e melhoria de recursos e capacidades, incluindo o conhecimento técnico e de mercado;
  • Aumentam a capacidade de inovação da empresa e seus produtos;
  • Reduzem o risco operacional;
  • Aumentam a flexibilidade para atuação em cenários inesperados.

Segundo o estudo mencionado acima, as empresas que mantêm boas relações com parceiros de suas linhas de negócios e constroem um vínculo para facilitar tarefas na cadeia de abastecimento, melhoram exponencialmente em comparação a outras do mesmo setor.

Entre os diferentes indicadores analisados, a competitividade e o crescimento foram os mais beneficiados. Além disso, constatou-se que o vínculo formado nessas alianças comerciais também fortaleceu o vínculo a nível informal, que é fundamental para o desenvolvimento do processo.

Se uma cadeia de valor é saudável, as empresas que participem também serão, além de aumentar sua capacidade para inovar e conquistar muito mais.