Soccer team in a huddle

O SAPPHIRE NOW me deixou viciada em café

10 de Junho de 2014 Por SAP Blogs 0

10371523_674393265942856_1740018775597630617_n

Por Moraima Garcia, Diretora de Marketing Digital da SAP LATAM que foi uma das embaixadoras no SAPPHIRE NOW.

Realmente fiquei sem palavras ao entrar no centro de convenções em Orlando. Sempre escutei sobre como o evento era grandioso, mas nada te prepara para essa grande experiência. Só tive ideia da magnitude quando escutei que haviam mais de 540 toneladas de equipamentos pendurados no teto e mais de 24km de cabos de conexão à internet.

Minha primeira meta foi assistir as sessões que poderiam ser de interesse para os usuários latino-americanos e, entre inúmeras xícaras de café para manter-me com energia, tratei de aproveitar ao máximo tudo o que foi oferecido pelo SAPPHIRE NOW. Mas logo me dei conta de que seria impossível conseguir participar de um quarto do que estava sendo apresentando. Um tweet do nosso Chief Marketing Officer, Jonathan Becher, confirmou que “um participante que se dedica 8 horas por dia e 7 dias da semana, tomaria 92 dias para consumir todo o conteúdo apresentado nas sessões”.

Meu foco então foi alterado e comecei a pensar em como levar esse conteúdo aos nossos seguidores na América Latina. Sendo assim, vamos divulgar em nosso Blog de Inovação informações tiradas das diferentes sessões. Mas se vocês quiserem começar já com esses 92 dias de conteúdo, podem acessar a página do evento para assistir os vídeos das apresentações.

As notícias mais importantes que ocorreram foram refletidas pela imprensa extensivamente e as publicações podem ser vistas em nossa página, mas contarei para vocês a minha interpretação sobre o que eu escutei durante o evento*:

Adeus ao passado. A empresa está fazendo o necessário para que os usuários finais se esqueçam da ideia de que somos difíceis de se usar. Além disso, a empresa está apostando que os usuários sintam prazer ao utilizar as nossas soluções, não só pelo simples e intuitivo, mas também pelo visual atraente que oferecem. SAP Fiori (que oferece uma interface atrativa ao usuário) e Screen Personas (que permite ao usuário personalizar suas telas) realmente demonstram que isso é possível sem grandes esforços. Agora ambos produtos são gratuitos e os clientes que já os adquiriram poderão receber um crédito. Acredito que sejam boas notícias para os usuários finais que agora passarão mais tempo aproveitando o software do que aprendendo a utilizá-lo. O que vocês acham?

O voo da SAP para a nuvem continua ganhando altura. O compromisso não pode ser mais evidente, não houve um só keynote ou apresentação que não incluísse a promessa de que tudo o que fazemos estará disponível na nuvem e com o poder de SAP HANA como base. E asseguro que internamente todos nós estamos recebendo a mesma mensagem e trabalhando para tornar isso realidade. O demo do SAP Simple Finance na apresentação principal do segundo dia mostrou o quanto pode ser simples gerenciar a informação financeiras de uma empresa tão grande como nós graças ao SAP Cloud e o SAP HANA. Vocês podem ver o vídeo aqui.

Diego Dzodan e seus comentários para a imprensa demonstrou como estamos transformando esta estratégia em realidade na América Latina.

A voz do cliente. Muitos clientes mostraram que conseguiram prosperar usando SAP. Mas escutá-los a comentar sobre o pouco tempo que levaram para implementar, como podem ser rápidos usando o poder de SAP HANA e como eles tem criado junto com a SAP produtos do futuro, não foi, em minha opinião, a maior prova de que estamos colocando o cliente no centro de tudo. Também acredito que não foi o anuncio de SAP Fiori uma resposta direta as reclamações dos clientes. Acho que a melhor prova foi o evento em si. Tudo estava centrado no interesse do cliente; desde o ponto de vista dos departamentos (marketing, HR, compras, TI etc.) ou pelo setor industrial que pertence a empresa. Claro que posso ser tendenciosa porque trabalho no mercado, e perguntaria aos que participaram pessoalmente ou virtualmente se pareceu convincente a mensagem de SAP e por quê.

Se estima que os participantes consumiram quase 37 mil litros de café, 100 mil latas de refrigerante e mais de 35 mil barras de sorvete. Ao terminar o evento, minha conclusão foi que contribui para esses números tomando mais de 1 litro de café em 3 dias. Será difícil voltar a minha rotina de apenas uma xícara por dia, mas talvez eu possa justificar tomando uns 4 litros caso decida passar os 89 dias que me restam para conseguir ver todo o conteúdo do evento.

* Como funcionária da SAP não posso ser completamente objetiva, mas me esforcei ao máximo.

Tags: ,

Deixe uma resposta