Unindo forças entre os departamentos de uma empresa para impulsionar o crescimento

31 de Julho de 2014 Por SAP Blogs 0

Blog_5_Artigo

Quando uma pessoa limpa sua casa, ela pode demorar o dia inteiro. Mas se aparecerem 20 amigos para ajudar, a casa fica limpinha em pouco tempo. Com o marketing nas empresas não é diferente.  O marketing não pode ser exclusividade de apenas um departamento. Todos dentro de uma organização podem e devem contribuir das mais diversas formas com ideias, novas soluções e sugestões de processos para que a empresa alcance seus objetivos através de uma inovadora estratégia de marketing com foco no cliente.

Grandes empresas também podem perder oportunidades ao deixar o marketing na mão de um único departamento. Apesar de terem marcas sólidas, agradáveis e populares, muitos dos grandes players nos mais diversos mercados possuem processos internos travados e isolados com relação ao marketing. É como se, ao invés de terem um time, tivessem um agrupamento de diversos profissionais em áreas  que não se conversam, não trocam ideias e não pensam coletivamente. Isso mostra que, ainda que difícil, até mesmo os “transatlânticos” tem que alterar sua rota quando necessário.

Uma estratégia de marketing com foco no cliente deve considerar todas as outras áreas da companhia. Porque, ao possibilitar a integração de discursos, metodologias e comunicações, o marketing é metaforicamente o coração da empresa. E o que impulsiona esse coração são as conexões das mais diferentes partes da organização. Assim, lá na frente, na hora de vender, a empresa será capaz de oferecer uma experiência cross-channel completa. Afinal, hoje os clientes não se importam mais com os canais, mas sim com a experiência inteira de compra. E, com toda certeza, a mais inovadora e completa experiência de compra é cross channel, considerando todos os canais de contato com o consumidor.

Case Apple

Ao entrar em uma loja da Apple, você percebe a união de toda a comunicação online e off-line da empresa. Com um iPad conectado, qualquer cliente pode ter acesso ao site da empresa com todas as características de qualquer produto que ele está vendo ao vivo. Caso queira comprar, tem a opção de comprar online e escolher a entrega em sua casa ou trabalho, ou comprar na loja e já sair com o produto na mão.

Case B&Q

Na Inglaterra, a rede de varejo líder em artigos para a casa tem faturamento anual de mais de 3 bilhões de libras. São 330 lojas, e-commerce, catálogos e call centers. Em uma estratégia de cross-channel, a empresa redesenhou seu site para atender aos usuários baseando-se em suas preferências e objetivos. Com foco no usuário, a empresa desenvolveu ferramentas avançadas de reserva e retiradas de produtos, possibilitando ao cliente escolher sua maneira favoritade pagamento, recebimento ou retirada. O aumento de vendas pelo site foi de 40%.

Nesses dois cases, as empresas  tiveram que reunir profissionais de diferentes áreas para, unidos, chegarem a um grande e inovador  modelo de apresentação para os clientes. Afinal, como dizia o engenheiro americano David Packard, um dos fundadores da HP,: “O marketing é importante demais para ser deixado apenas para o departamento de marketing”.

A abordagem integrada da empresa permite total interação entre os departamentos, soma de experiências, estratégias mais amplas, diversificação de objetivos e o crescimento. Tudo isso nos faz lembrar de um velho ditado: juntos venceremos.

Tags: , ,

Deixe uma resposta