As grandes lições do primeiro dia do SAP Forum Brasil

17 de Março de 2015 Por SAP Blogs 0

04-Cristina-Palmaka

O primeiro dia do SAP Forum Brasil contou com palestrantes internacionais e muito conteúdo sobre como a tecnologia pode simplificar a vida e ajudar a fazer muito mais.

No início do evento, o público se animou com as palavras de Cristina Palmaka, presidente da SAP Brasil. “O poder está na mão das pessoas”, afirmou a presidente sobre o valor e a importância do capital humano para a inovação.

Cristina também falou sobre como simplificar os processos pode trazer agilidade para os negócios e refletir positivamente nos resultados. “Para que possamos reagir rapidamente ao que o mercado necessita, a simplificação tem um papel muito importante. O real-time é um dos principais fatores para o sucesso nos negócios”, concluiu a presidente.03-Yves-Morieux

Yves Morieux, sócio e diretor do Boston Consulting Group (BCG), subiu ao palco para compartilhar sua experiência em transformar corporações, desenvolvendo formas pioneiras de pensamento organizacional com base na “Simplicidade Inteligente”. “Lembram quando o mundo era mais simples? Nos últimos 10 anos surgiram mais requisitos de desempenho e fatores para o sucesso, e toda a vez que surge um novo requisito ainda mantemos a mesma abordagem. É um erro.”, explicou o especialista.

Em sua palestra, Yves também mostrou números que comprovam como descomplicar permite que os gestores foquem no que realmente importa. “Precisamos lidar com essas complexidades de negócios. Gerentes passam cerca de 40% do tempo fazendo relatórios, 30% em reuniões, ou seja, no melhor das hipóteses têm 30% do seu tempo para gerenciar e acompanhar sua equipe. Assim, acabam trabalhando cada vez mais e gastando menos tempo em atividades que agregam valor ao negócio.”, afirmou Morieux.02-Jonathan-Becher-

Em seguida, na palestra “Descobrindo a Simplificação”, Jonathan Becher, Chief Digital Officer e head da unidade de negócio SAP Digital, falou sobre como combater a complexidade para ajudar a simplificar os negócios. “Por que não ouvimos falar tanto de inovação nas grandes empresas? Acredito que a resposta está em uma palavra: complexidade. A complexidade é uma doença, começa pequena, quase indetectável, vai crescendo e deixa sua empresa doente”, explicou Jonathan.

Simplificar permite ganhar agilidade. “Mova-se com velocidade e conserte as coisas com velocidade, pois quando estamos inovando, a inovação não vem pronta, ela é exponencial”, afirmou Becher. O especialista ainda exemplificou como podemos confundir complexidade com sofisticação. “Uma empresa média tem cerca de 50 aplicações, o que parece bom num primeiro momento, mas se torna um problema quando você percebe que elas não conversam, entre si”, completou.

Um dos momentos mais esperados foi a apresentação prática e inédita do maior lançamento da SAP nos últimos anos, o SAP S/4HANA.

“O S de S/4HANA quer dizer ‘Simples’. Essa é a nossa crença principal, ajudar a simplificar os processos O grande diferencial do S/4 é que ele foi criado totalmente direcionado para o SAP HANA”, explicou Steve Lucas, SAP Plataform Solutions President.

A demonstração mostrou em tempo real a simplicidade e capacidade de detalhamento de dados do SAP S/4HANA. “Colocamos muito amor nesse projeto. Não só os usuários vão adorar o S/4HANA, por causa da experiência de usuário, mas você vai adorar porque pode fazer dele uma aplicação sua, com o tom da sua empresa, com o sabor do seu negócio”, concluiu.

Prepare-se, estamos apenas começando. Essa foi só uma amostra do que aconteceu no primeiro dia do SAP Forum Brasil, dia 18 tem muito mais!

Tags: ,

Deixe uma resposta