Soccer team in a huddle

Tendências visuais: como a tecnologia pode ajudar a prever demandas

1 de Setembro de 2015 Por Ivy Leça 55

Por meio da coleta e análise de dados é possível identificar todo o tipo de tendências, inclusive tendências visuais. Seria possível então estudar a cultura visual e utilizar métodos de previsão para criar um plano de design personalizado para impulsionar fotos criativas e relevantes em um banco de imagens? É justamente isso que Pam Grossman, diretora de tendências visuais da Getty Images, faz.

Em sua apresentação intitulada “Investigación creativa y cultura visual“, no Festival Latino-americano de Publicidade (FIAP 2015), no México, Pam Grossman aponta cinco tendências visuais de 2015 impulsionadas por mudanças culturais:

  • Elevação do feminino: empoderamento da mulher, foco na força feminina, mulheres em cargos decisivos, líderes em suas carreiras.
  • Feminismo masculino: o novo homem, o homem além do seu trabalho, que é pai, que está mais envolvido com a família e com as tarefas do lar.
  • Crianças e gênero: o fim do “azul para meninos e rosa para meninas”.
  • Cultura trans: a inclusão dos transgêneros no mercado da moda e do marketing em geral.
  • Reduzir e desfocar: o gênero é irrelevante, o modelo não é mais um homem ou uma mulher, é um modelo.

Todas essas previsões foram elaboradas com base em estudos e análises de dados de busca. Por exemplo, a busca global pelo termo “businesswoman” aumentou 20% nos últimos três anos. Na América Latina o termo “female business executive” aumentou 25 vezes nas buscas, sendo que as buscas por imagens pelo termo “business man” caíram quatro vezes. Essas mudanças nos termos de busca, aliadas a outros dados, oferecem pontos de apoio para um planejamento preditivo de demanda de imagens.

Hoje, sistemas integrados podem ajudar a indústria da moda e do marketing a desenvolver ideias com base em tendências. Empresas de moda podem, por exemplo, utilizar o poder da computação in-memory para analisar grandes volumes de dados e ter uma visão rápida e precisa sobre os produtos.

A coleta e a análise de dados já ajudam os mais diversos segmentos e indústrias a desenvolver estratégias e planejamentos para atender com precisão as solicitações futuras dos seus clientes, e os setores que lidam com elementos criativos e visuais não ficarão de fora.

Tags: , ,

Deixe uma resposta