Soccer team in a huddle

Tenho uma PME – por que devo adotar a simplificação nos meus negócios?

3 de Dezembro de 2015 Por Ivy Leça 109

“Crescimento exige sofisticação e gera complexidade” – esse é um pensamento muito comum entre executivos de PMEs, que muitas vezes prejudica a evolução de um negócio.

Confira a seguir os principais equívocos das PMES quando falamos de simplificação dos negócios:

Pensar em quanto crescer antes de definir como crescer

Quando a demanda aumenta, aumenta também a quantidade de trabalho, e é difícil continuar crescendo sem uma estrutura escalável e adaptável. No entanto, investir em um sistema robusto não é suficiente. É preciso pensar na simplificação antes de pensar em expansão. Em um estudo de caso, Sharon Romem, vice-presidente de desenvolvimento de negócios da Weight Watchers Israel, exemplificou como o crescimento pode ser um obstáculo para o próprio crescimento quando não planejado. “Quando ampliamos [nosso negócio], aumentamos o número de reuniões semanais de 150 a 450. Para ajudar a gerenciar esse crescimento, precisávamos substituir os inúmeros aplicativos de gerenciamento que estávamos usando por um único aplicativo que permitiu a comunicação e colaboração eficientes e coordenadas entre vários departamentos”, explicou.

Não ter um sistema unificado

Muitas PMEs adotam diferentes sistemas para cada setor, sistemas esses que não funcionam efetivamente juntos. Não adianta redefinir operações de forma individual. Esse sistema fragmentado pode dificultar muito os processos no futuro. Quando a Weight Watchers Israel implementou o SAP Business One como uma plataforma unificada para todos os seus serviços, a empresa cresceu sem ser bloqueada por questões logísticas ou administrativas. Sharon Romem conta que a unificação trouxe velocidades aos processos da empresa: “Hoje eu posso obter as informações que preciso imediatamente”.

Investir em soluções temporárias

Adotar soluções mais baratas e de curto prazo para atender às necessidades imediatas pode gerar um gasto muito maior no fim das contas, além de tornar os processos excessivamente complexos e até ineficazes. As PMEs devem optar por uma plataforma operacional flexível e escalável para manter a empresa resiliente não só em um determinado momento. Uma solução de definitiva, mas também adaptável às mudanças do mercado, às demandas do negócio e que possa cumprir sua estratégia de crescimento corporativo.

Não entender o real significado de simplificação e seus benefícios

Quando falamos em simplificação, algumas PMEs se confundem acreditando que isso significa reduzir o valor entregue ao cliente, quando na verdade é justamente o contrário. Um documento produzido pela Knowledge@Wharton apresenta os principais benefícios da simplificação para os negócios e revela que as melhorias obtidas só agregam mais valor para o cliente. Alguns pontos incluem melhores experiências do cliente, custos mais baixos, maior engajamento e retenção de talentos, aumento da eficiência operacional e muito mais. Executando processos mais simples as PMEs ganham velocidade para atender mais rapidamente às necessidades dos clientes.

Para crescer e ir mais longe, as PMEs precisam abraçar desde o princípio a cultura da simplificação e adotar processos mais simples e escaláveis. Sua PME está pronta?

Tags: , ,

Deixe uma resposta