Soccer team in a huddle

O novo mantra da SAP: Live Business

28 de Maio de 2016 Por SAP Notícias Brasil 0

A SAP tem um novo mantra: Live Business. Hoje, na conferência SAPPHIRE NOW em Orlando, Flórida, a SAP deu início à nova campanha – o próximo passo na evolução do Run Simple.

Por Paul Taylor

Run Live é a principal mensagem do SAPPHIRE NOW deste ano e está em destaque no evento pelos cinco pilares da história do Live Business: núcleo digital, futuro do trabalho, experiência digital do cliente, redes de suprimento e Internet das Coisas (IoT).

Nos últimos cinco anos, a SAP construiu um portfólio de produtos e serviços em torno da tecnologia in-memory SAP HANA que permitirá aos clientes empresariais efetuar a transformação digital do método tradicional de operar negócios baseado em informações desatualizadas para negócios digitais eficientes capazes de competir na economia digital.

Uma parte essencial dessa transição é a necessidade de tomar decisões e operar negócios “no momento”, utilizando dados atuais, não informações desatualizadas que podem estar defasadas por questão de horas, dias ou mesmo semanas.

Entre os clientes da SAP que já fizeram a transição para Live Businesses estão gigantes do esporte e entretenimento, incluindo Cirque du Soleil, FC Bayer Munchen, WTA, NHL, organizações do setor de saúde, centros de redes de transportes e fabricantes como a Under Armour.

“O Live Business atua rapidamente em um imenso volume de dados.”

 COMPARTILHE ESTA CITAÇÃO

Mas em que aspectos o Live Business é diferente da computação em tempo real? Quando corporações atuam em tempo real, elas acessam volumes gigantescos de dados gerados por sistemas internos e provenientes de fontes externas, incluindo parceiros e terceiros. Quando elas atuam “live”, são capazes de interpretar e tomar medidas com base nesses dados em um instante.

Quando empresas vivem o momento (do negócio) é possível responder a mudanças inesperadas na demanda de consumidores, novas investidas da concorrência e eventos potencialmente desestabilizadores, incluindo desastres naturais.

Conforme o CEO da SAP, Bill McDermott, afirmou: “Desde as experiências do cliente até a força de trabalho e a cadeia de suprimentos, o Live Business prevê o futuro em vez de registrar o passado. Isso significa total agilidade nos processos de negócios e capacidade para fazer uma personalização completa em massa de acordo com o consumidor.

“Isso significa conectar cada colega e ativo a um sistema único, inteligente e digital, em que é possível a antecipação, simulação e inovação imediata frente a novas oportunidades.”

“O Live Business prevê o futuro em vez de registrar o passado.”

 COMPARTILHE ESTA CITAÇÃO

Conhecendo esses benefícios, por que algumas empresas ainda não atuam “live”? O software tradicional das empresas está paralisado pelas restrições técnicas do passado, como armazenamento de dados isolados, processamento em lote e incapacidade de atuar nos dados com rapidez.

Mesmo o acesso aos dados é difícil e normalmente requer a presença de um especialista em TI para gerar relatórios que já estão desatualizados quando chegam às mãos dos executivos.

Por outro lado, um núcleo digital inovador como o SAP S/4HANA está totalmente conectado a clientes, fornecedores e funcionários. Ele fornece dados unificados em tempo real e viabiliza decisões inteligentes por meio de ferramentas analíticas de previsão.

Live Business representa transformação digital na perspectiva da SAP, mas o princípio representa muito mais do que um novo slogan publicitário. Live Business significa a visão da SAP de um negócio digital incomparável que permite aos clientes sentir, responder, aprender, adaptar e prever o que quiserem para gerar valor no momento e gerenciarem os negócios de acordo com o princípio Run Simple.

“Quando empresas adotam o princípio Run Live, praticam Run Simple. E quando adotam Run Simple, alcançam o sucesso.”
Essa história surgiu originalmente no SAP Business Trends.

Imagem superior via Shutterstock

Tags: , , ,

Deixe uma resposta