Soccer team in a huddle

O desafio da integração de tecnologias no atendimento médico

9 de Junho de 2016 Por Ivy Leça 100

As tecnologias médicas vêm avançando exponencialmente. A cada semana tomamos conhecimento de notícias sobre como a robótica, a biotecnologia e a nanotecnologia estão ajudando profissionais de saúde a agir de forma mais preventiva e eficaz e cada vez menos invasiva. Então por que a avaliação feita pelos pacientes sobre o atendimento das clínicas, hospitais e instituições da área da saúde, indica um quadro muitas vezes insatisfatório?

O grande desafio em integrar tecnologia para melhorar o atendimento médico está principalmente na visão de que essa integração afetará a essência do serviço de saúde: a humanidade. Quando falamos em incorporar softwares, ferramentas analíticas ou cloud computing nos processos de atendimento da área de saúde, muitas pessoas pensam que a ideia é substituir pessoas por máquinas, quando na verdade a tecnologia pode contribuir para tornar o suporte ao paciente mais personalizado e humano.

Muitos consultórios e clínicas médicas ainda utilizam fax para se comunicar – sim, máquinas de fax ainda existem! – gastando recursos e tempo para integrar as informações entre si, sem muito sucesso. Com a digitalização de informações e dados dos pacientes na nuvem, uma rede de convênios poderia facilmente acessar o histórico do paciente, os resultados de seus exames e criar uma jornada inteligente de atendimento, poupando o tempo não apenas de quem está sendo atendido, como de quem está atendendo.

Outro ponto importante é o agendamento de consultas: a maioria das instituições ainda trabalha com o serviço terceirizado de call centers. Além de ser um investimento alto, nem sempre é possível garantir a qualidade do atendimento e a capacidade para atender a demanda. A força de trabalho terceirizada não tem acesso aos dados do paciente e nem a outros recursos da instituição. Por isso, para um simples agendamento o paciente pode gastar um tempo considerável digitando e repetindo informações. Com um sistema de agendamento online, a instituição pode garantir que os agendamentos de consultas sejam realizados em poucos minutos, sem a necessidade de confirmar dezenas de dados, e que o serviço esteja disponível 24 horas por dia, sete dias por semana.

A plena integração de tecnologias e do atendimento na área de saúde ainda é um grande desafio. O principal obstáculo, certamente, é convencer os profissionais da área, ainda dependentes do papel e caneta, de que a tecnologia não vai tirar o aspecto humano, parte importante do processo de atendimento, mas sim melhorar os pontos técnicos, permitindo que os profissionais possam atuar de forma mais personalizada e humana com cada paciente.

Tags: , , ,

Deixe uma resposta