Gestão inteligente – os pilares de sucesso para um governo digital

Smart cities, Cidades inteligentes, governo digital, esses termos inexistentes até pouco tempo atrás já fazem parte do nosso dia a dia. A transformação digital e a Internet das Coisas estão mudando a forma de gerir comunidades, e para melhor.

Governantes estão voltando suas gestões para os serviços digitais a fim de ganhar mais eficiência e oferecer mais agilidade ao suprir as demandas de seus cidadãos por serviços.

Segundo Casey Coleman, Vice-Presidente para Agências Civis da Unisys Federal, existem sete grandes pilares de sucesso para a adoção de um projeto de governo digital:

  1. Infraestrutura de TI híbrida que utilize tanto legado quanto tecnologias digitais.
  2. Segurança que ofereça gestão de proteção e controle eficientes para o ambiente digital em expansão.
  3. Análise de dados avançados que explore o crescimento do estoque de dados para melhorar os serviços aos cidadãos, sua eficiência operacional e o desempenho de sua missão.
  4. Gerenciamento de serviços de TI que forneça uma visão abrangente e unificada do ambiente de TI híbrido para uma orquestração de serviços e entrega robustos.
  5. Suporte ao usuário final que empodere os funcionários, sem abrir mão da visibilidade ou do controle.
  6. Serviços de aplicativos que permita que DevOps desenvolvam e entreguem soluções inovadoras rapidamente.
  7. Serviços de mobilidade que garantam gestão e segurança rigorosas, proporcionando aos usuários acesso ininterrupto a aplicações e dados a qualquer hora, em qualquer lugar e em vários dispositivos.

Um exemplo de serviço de mobilidade que, além de fornecer um serviço muito útil de informações para os cidadãos, também gerou diversos insights para a gestão é o Boston About Results (BAR), da cidade de Boston. O programa online de gestão de desempenho da cidade apresenta dados sobre a prestação de serviço da prefeitura e seu desempenho, e os cidadãos conseguem acessar o serviço por qualquer dispositivo móvel, quando e onde quiserem.

Vias conectadas, sistemas online, serviços móveis, instituições virtuais e governo digital. A digitalização da gestão das cidades é uma tendência que só cresce a favor dos cidadãos.