Soccer team in a huddle

Cinco preocupações dos líderes do futuro na Quarta Revolução Industrial

27 de Janeiro de 2017 Por Ivy Leça 275

A Quarta Revolução Industrial, ou Revolução 4.0, já é uma realidade, caracterizada pela convergência de tecnologias digitais, físicas e biológicas.

Esse novo cenário possibilitou transformações disruptivas na nossa sociedade. O volume de pessoas conectadas é cada vez maior, bem como o fluxo de informação que circula entre elas. Em setembro de 2016, o Facebook atingiu a marca de 1,79 bilhões de usuários ativos mensais, um número significativamente maior do que a população da China ou da Índia.

Segundo o levantamento ITU ICT Facts and Figures 2016, realizado pela UIT, a agência das Nações Unidas especializada em tecnologias da informação e da comunicação, os países em desenvolvimento representam a maioria dos utilizadores da internet global, 2,5 bilhões de usuários em comparação com um bilhão nos países desenvolvidos. O estudo ainda revela que a cobertura de telefonia móvel está agora quase onipresente, com cerca de 95% da população mundial – ou cerca de sete bilhões de pessoas – vivendo em áreas cobertas por uma rede básica 2G de celulares móveis.

A tecnologia democratizou a informação como nunca antes, tornando-a mais acessível. Mas isso é o suficiente? Ao mesmo tempo em que a tecnologia evolui, os líderes precisam saber como utilizá-la para garantir que gere não apenas lucro para suas empresas, mas também beneficio para toda a sociedade. Essa preocupação foi um dos temas debatidos este ano durante o Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça. Podemos citar cinco pilares para que isso seja possível.

Transparência

Um dos maiores problemas mundiais envolvendo novas tecnologias é a falta de confiança nessas tecnologias e na forma como serão utilizadas. Aos poucos os consumidores se sentem mais dispostos a compartilhar dados em troca dos benefícios que a análise deles pode trazer para sua experiência de compra. Mas eles ainda querem ter controle sobre sua privacidade e ter certeza de que suas informações estão seguras. A transparência na política de segurança da informação é cada vez mais importante para criar uma relação de confiança entre as empresas e a sociedade.

Educação

Existe uma preocupação constante sobre como a automação, a digitalização de tarefas e a Inteligência Artificial impactarão o futuro do trabalho. Faz parte do papel dos líderes na Quarta Revolução Industrial garantir que sua força de trabalho esteja pronta para as mudanças que virão. Diversas atividades poderão ser realizadas por máquinas, e novas funções, especialmente de gestão dessas tecnologias, serão criadas. Compete às empresas treinar e desenvolver as novas habilidades que serão exigidas de seus talentos.

Sustentabilidade

Mais do que nunca adotar a sustentabilidade é uma atitude inevitável para as empresas. É uma necessidade urgente que as companhias em todo o mundo assumam seu papel na questão e atuem de forma responsável, não apenas para amenizar o impacto do seu trabalho no meio ambiente, como para desenvolver e incentivar novas iniciativas em prol da sustentabilidade.

Equidade

O acesso à educação e a informação é essencial para tornar a tecnologia acessível para a população. Sem elas a evolução tecnológica só aumenta mais a lacuna da desigualdade. Proporcionar equidade nas oportunidades de trabalho e educação que a empresa pode oferecer e incentivar a diversidade são formas de contribuir para diminuir esse desiquilíbrio.

Comprometimento social

O comprometimento de uma empresa não pode se resumir apenas aos seus clientes, devendo incluir sua comunidade, o meio do qual faz parte. Mais do que nunca os consumidores estão abraçando as marcas que adotam causas sociais. Os líderes devem pensar em formas de utilizar as novas tecnologias para melhorar a situação da população local. Programas de incentivo podem engajar a força de trabalho a fazer sua parte, contribuindo para projetos sociais. Muitas empresas também têm investido em educação e treinamento, não apenas de seus colaboradores, mas oferecendo cursos e palestras para a comunidade. É preciso se perguntar como a empresa pode ir além de empregar pessoas, impactando positivamente toda a sociedade.

O futuro na Quarta Revolução Industrial será disruptivo. Atualmente, temos um pequeno vislumbre do que nos espera, e o futuro pode ser incrivelmente positivo para a sociedade, mas cabe aos líderes assumirem seus papéis nessa nova realidade.

Tags: , , , ,

1 comment

  1. Emanoel Ribeiro de Almeida

    Qual será o impacto negativo da política restritiva de Trump e líderes similares da Europa? ?

Deixe uma resposta