Soccer team in a huddle

Nuvem privada combina o melhor dos ambientes on-premise e da nuvem pública

5 de Julho de 2017 Por Ivy Leça 46

Por: Andy Greig

Durante meses, analistas e especialistas de poltrona foram rápidos em declarar a longa e lenta morte da nuvem privada. Mas de acordo com relatórios recentes, tais declarações não são mais do que especulações infundadas. Enquanto o mercado continuar a crescer, uma oferta não pode morrer – e esse é certamente o caso da nuvem privada.

O relatório da IDC “Worldwide Quarterly Cloud IT Infrastructure Tracker” prevê que o investimento na nuvem privada será quase tão acelerado quanto o investimento na nuvem pública. Espera-se que o espaço da nuvem pública aumente mais de 9% nos próximos três anos (de 23,03% em 2016 para 32,51% em 2020), enquanto o crescimento previsto da nuvem privada deverá aumentar mais de 5% (de 15,02% em 2016 para 20,23% em 2020).

As empresas têm uma escolha difícil de fazer, considerando a grande variedade de opções na nuvem que prometem atender às necessidades específicas do negócio. E embora a nuvem pública seja uma abordagem atraente, muitos compradores ainda se perguntam se estão perdendo algumas vantagens importantes da nuvem privada.

Os cinco benefícios transformacionais da nuvem privada

De acordo com Henry Morris, membro da IDC’s Worldwide Big Data, Analytics, and Cognitive Software Research, “A maioria das organizações hoje diz que está atendendo suas necessidades tecnológicas através de uma estratégia de nuvem híbrida, combinando uma mistura de serviços de nuvem pública e privada. Essa situação de nuvem múltipla representa um desafio para as organizações de TI. Muitas não possuem internamente as habilidades necessárias para gerenciar um portfólio de aplicativos que é implantado dentro e fora da empresa. Como resultado, muitas organizações estão aumentando sua equipe de TI interna com serviços externos para ajudar a gerenciar a infraestrutura, os bancos de dados e as aplicações que são de importância crítica para a execução de seus negócios.”

Ao combinar os benefícios dos ambientes on-premise e da nuvem pública, a opção de nuvem privada oferece algumas vantagens convincentes:

  1. Implementação dedicada e suporte compartilhado

Assim como a perspectiva on-premise, uma nuvem privada permite que as empresas personalizem aplicações, sem complexidade e limitações, para atender às exigências. No entanto, semelhante a uma nuvem pública, a nuvem privada também permite que uma empresa transfira a responsabilidade pelo gerenciamento contínuo de software e infraestrutura para o provedor de tecnologia que projetou o software, escreveu o custo e o entende melhor.

  1. Personalização

Um ambiente dedicado e privado maximiza a capacidade de adaptar um sistema de TI para se alinhar à forma como o negócio é executado e evolui. As adaptações podem ser inovadas a partir do zero ou alavancadas a partir de soluções existentes. E porque o ambiente de nuvem privada é flexível, essa capacidade é ilimitada em comparação com uma opção de nuvem pública.

  1. Assinatura de pagamento

Um dos atributos mais atraentes da nuvem, seja privada ou pública, é a assinatura baseada em financiamento, o que traz maior controle e previsibilidade ao orçamento operacional de TI. Este modelo inclui acesso de usuários, suporte contínuo, atualizações e manutenção. Esta abordagem tem uma grande diferença do modelo on-premise, no qual o software é adquirido de uma só vez e a organização de TI é responsável por investir tempo, dinheiro e recursos para apoiar isso, que pode flutuar com o passar do tempo.

  1. Gerenciamento do provedor de serviços

Em um cenário de nuvem privada, o comprador contrata com um provedor de serviços para fornecer acesso regular ao software, conforme estabelecido no acordo de nível de serviço. O provedor de serviços é responsável por manter o software atualizado, garantindo a segurança do acesso e fornecendo recursos de infraestrutura suficientes para atender às demandas variáveis.

  1. Aumento da segurança

Embora a segurança seja frequentemente citada como motivo para se mudar para uma plataforma de nuvem pública, nem todos os CIOs ou líderes de TI estão interessados ​​em aceitar o risco que vem com confiar seu cliente e dados confidenciais a terceiros. Uma nuvem privada fornece um ambiente de inquilino único, onde o hardware, o armazenamento e as redes são dedicados a um único cliente com segurança de nível empresarial. Por sua vez, existe um ciclo dedicado de suporte que remove todos os intermediários.

A nuvem privada transforma a disrupção digital em inovação

Mover-se para a nuvem impulsiona a inovação e melhora a produtividade e a eficiência em todo o negócio – no entanto, ainda é um grande passo. Uma empresa precisará confiar nas parcerias da sua equipe de TI com áreas de negócios e desenvolvedores de terceiros para criar um conjunto abrangente de políticas de nuvem que minimize a complexidade e ofereça personalização flexível, preços previsíveis, níveis de serviço confiáveis ​​e máxima segurança.

Explore as opções de implantação de uma plataforma de nuvem privada e veja se o SAP HANA Enterprise Cloud pode apoiar a sua organização. Confira o white paper da IDC “SAP HANA Enterprise Cloud: uma abordagem gerenciada para a implantação do SAP S / 4HANA“, patrocinado pela SAP.

Tags: , , ,

Deixe uma resposta