Soccer team in a huddle

Por que a cibersegurança vai definir o futuro das finanças?

20 de Setembro de 2017 Por Ivy Leça 79

O avanço das tecnologias e a digitalização das coisas estão impactando de forma definitiva nossas relações de consumo e com o dinheiro. A popularização do internet banking e das compras online são grandes exemplos de como essa disruptura evoluiu rapidamente na Economia Digital.

Um mundo apenas com dinheiro digital parece estar cada dia mais próximo. Este ano, um Projeto de Lei foi apresentado na Câmara dos Deputados propondo acabar com a produção, circulação e o uso do dinheiro em espécie e permitir apenas transações financeiras por meios digitais, como cartões, carteiras eletrônicas, transferências móveis e moedas virtuais.

A digitalização do dinheiro pode trazer uma série de vantagens, como economia na impressão de papel moeda e maior agilidade e flexibilidade nas transações. Mas também trouxe um novo e grande desafio: a segurança de dados.

Uma vez que os recursos estão se tornando digitais, a cibersegurança se tornou o centro das atenções nas empresas e uma prioridade para as organizações.

Cibercrimes já causam um prejuízo de US$ 400 bilhões anuais, fazendo com que os investimentos com Segurança da Informação cresçam. Segundo o Instituto Gartner, os gastos nesse setor devem chegar a US$ 103,1 bilhões até 2019, sendo US$ 1,6 bilhão apenas no Brasil.

Segundo a consultoria, até 2018, 60% das empresas que implementarem soluções para controle e visibilidade de dados na nuvem terão um terço a menos de problemas de segurança. Por esse motivo a tecnologia Blockchain tem chamado a atenção das empresas. Um sistema Blockchain trabalha com dados criptografados, distribuindo as informações entre milhares de dispositivos, reduzindo consideravelmente os riscos de fraudes.

Essa nova realidade vai transformar os processos de negócios em todos os níveis e setores, e muitas empresas precisarão reavaliar seu investimento em cibersegurança. Qual o valor de seus dados em comparação ao custo da sua proteção? Segundo previsões do Gartner, até 2020, mais de 20% dos planos de negócios das empresas usarão a infonomia (gestão inteligente da informação) para obter uma análise financeira dos ativos e passivos dos dados.

Na Economia Digital, investir em cibersegurança será a única forma de manter os investimentos, recursos e capital dos negócios em segurança.

Tags: , ,

Deixe uma resposta