Três maneiras para os CIOs superarem os inibidores da inovação

Por: Orlando Cintra

Uma das coisas que me chama atenção enquanto trabalho com CIOs em toda a América Latina e o Caribe é por que muitos se deixam atrapalhar pelo pensamento transacional. Por que eles se concentram nas tarefas do dia-a-dia e permitem que a inovação tenha impacto sobre apenas uma fração de suas operações?

É claro que as empresas podem obter resultados significativos ao estarem abertas ao poder transformador da inovação digital, mas fazer mudanças para permitir esta transformação provou ser um desafio para alguns.

Para essas empresas, os líderes normalmente veem a tecnologia principalmente como uma ferramenta de produtividade e redução de custos. Mas o mundo mudou. A disrupção digital é penetrante, intensificando a necessidade de todas as organizações abraçarem a transformação digital – incluindo pequenas e médias empresas, bem como grandes empresas e o setor público. Como você pode abandonar velhos hábitos? Leia estas três sugestões e inspire-se por uma organização que abraçou a inovação digital com grande sucesso.

  1. Esteja disposto a assumir algum risco

Por mais convincentes que os casos de uso possam ser, as empresas em geral têm medo de falhar. Elas querem inovar, mas fazê-lo com 90% de chance de ter sucesso. Elas querem ver outras empresas inovar, depois seguir o exemplo e duplicar suas ideias. Isso não é inovação; isso é imitação.

Essa hesitação é compreensível. Se não está no DNA da sua organização inovar, então a superação da inércia é muito mais difícil. Mas você deve estar disposto a assumir riscos calculados para obter as maiores recompensas. A história provou que isso é verdade diversas vezes.

  1. Não espere o momento perfeito para começar.

Outro inibidor comum é a tendência de tentar consertar todos os problemas primeiro. A administração quer que as operações sejam impecáveis antes de mudar o foco para a inovação. Isso não é realidade. Nosso mundo está em constante mudança, nossos clientes estão constantemente mudando e a taxa de mudança está constantemente acelerando. Se você esperar para resolver 100% dos seus problemas, então você nunca começará.

  1. Inspire-se nos inovadores.

Quem são os inovadores? São as empresas que percebem que o momento é agora – não importa se isso significa enfrentar riscos ou falhar. Eles procuram criar novos modelos de negócios e ver como a tecnologia pode habilitá-los. Eles iniciam o processo e fazem ajustes à medida que as necessidades de negócios mudam.

Muitas organizações na América Latina estão abraçando a inovação digital, mas isso está acontecendo mais lentamente do que em outras regiões. A boa notícia é que estamos começando a pegar impulso.

Por exemplo, a Cidade de Buenos Aires está usando tecnologia para modernizar sua infraestrutura e melhorar a habitabilidade da cidade. Os administradores da cidade podem monitorar as queixas dos cidadãos nas mídias sociais, verificar os sensores e os planos de trabalho – e fornecer uma resposta rápida e informada. O governo da cidade também implementou tecnologia para ajudar a prever e prevenir inundações do Rio da Prata.

Por causa do envelhecimento da infraestrutura de drenagem da cidade e da população densa, as inundações historicamente têm sido uma ameaça sempre presente, obstruindo os drenos, causando a parada da atividade normal, danificando a propriedade, e até custando vidas. Mas agora, com a capacidade de analisar dados em tempo real de sensores de drenos de tempestade e usar tecnologia móvel para identificar pontos de inflamação, a Cidade de Buenos Aires está bem preparada para mitigar os riscos causados por fortes chuvas. E outras tecnologias suportam manutenção de infraestrutura, gerenciamento de empreiteiros complexos e relacionamentos de fornecedores, e melhores serviços aos cidadãos que ajudam a melhorar a qualidade de vida.

A Cidade de Buenos Aires é apenas um exemplo de uma organização que está adotando a inovação. Nos próximos meses, vou compartilhar histórias adicionais de outros que estão fazendo o mesmo. Enquanto isso, dê uma olhada em nosso e-book, SAP Leonardo Digital Innovation System Capabilities & Success Stories e SAP HANA showcase stories.