Soccer team in a huddle

HR Techs a evolução na forma de recrutar talentos

8 de Fevereiro de 2018 Por Ivy Leça 0

A tecnologia vem simplificando tarefas em diversos setores, até mesmo as mais humanas, como as de Recursos Humanos. Com a ascensão das HR techs, empresas que empregam soluções tecnológicas para automatizar diversos processos de RH, o recrutamento de talentos será o próximo a passar por uma revolução.

Indo além dos números, para encontrar o talento ideal é preciso focar em dados mais pessoais. Utilizando os mesmos princípios do Big Data, mas em uma escala muito menor, os empregadores podem conhecer melhor seus candidatos e depois da contratação acompanhar a evolução do seu talento, analisando dados de desempenho e outras informações para definir um plano de carreira. O segredo do Small Data é garimpar e decifrar dados menores, nos quais se escondem as informações-chave para a tomada de decisão.

A análise de dados também permitiu que as empresas pudessem ter maior controle, de forma mais objetiva e menos subjetiva, sobre a diversidade na sua força de trabalho. Com sistemas de seleção digitais ficou mais simples selecionar perfis distintos e complementares.

As HR techs também abriram novos horizontes para o desenvolvimento de talentos. Se antes a avaliação de desempenho feita periodicamente por um gestor era a única base de dados para o desenvolvimento, agora, com tecnologias de avaliação diárias e em tempo real, é possível identificar as dificuldades de cada colaborador e sugerir treinamentos ou identificar habilidades específicas, que podem sugerir que um colaborador seria mais produtivo em outro setor diferente do atual.

Chatbots, os novos headhunters

Inteligência Artificial e Machine Learning são as grandes tecnologias que deverão mudar o jogo do recrutamento. Estamos falando mais especificamente do uso de chatbots para seleção e retenção de talentos.

Chatbots em sites empresariais e redes sociais abrem as portas para inúmeras possibilidades na gestão de talentos, desde o onboard até a gestão de carreira. E assim como os chatbots podem ajudar as marcas a identificarem e alcançarem seus clientes, eles podem ajudar empresas a encontrar seu talento ideal. A tecnologia pode beneficiar a experiência do candidato, sem sobrecarregar os recrutadores.

Um chatbot pode ajudar com tarefas administrativas, como coletar informações do currículo, fazer questionários de triagem inicial, classificar candidatos em métricas como qualificações, engajamento, interações on-line ou atividade recentes, e agendar entrevistas com um recrutador humano.

Com isso, os chatbots podem reduzir consideravelmente o tempo e recursos investidos em seleção, além de filtrarem com eficiência os perfis mais adequados para cada vaga.

Os candidatos de hoje estão conscientes de que o processo de recrutamento pode não ser humano em todos os pontos de contato. E isso não quer dizer que as HR techs vão acabar com o trabalho dos recrutadores – na verdade, elas vão simplificar os processos, permitindo que a experiência do candidato se torne cada vez mais humanizada.

Pronto para a seleção de talentos do futuro? Conheça as soluções SAP para recrutamento  e compartilhe sua opinião nas redes sociais da SAP: Facebook / Twitter / Instagram / LinkedIn. Assine nosso canal no WhatsApp e receba conteúdo relevante diariamente.

Tags: , , ,

Deixe uma resposta