Gestão inteligente da cadeia de suprimentos de saúde ajuda a reduzir custos e oferecer mais qualidade

Importante aliada do trabalho na área da saúde, a tecnologia está sendo utilizada para otimizar os processos e reduzir custos na gestão da cadeia de suprimentos.

 Gerenciar a cadeia de suprimentos das instituições de saúde exige visão e conhecimentos amplos sobre as diversas áreas que envolvem o trabalho no segmento. Os líderes devem estar abertos para o entendimento além de suas funções, inteirando-se de assuntos que envolvam a gestão de pessoas, informações, recursos e processos. Com uma estratégia de planejamento que permita acompanhar de perto a qualidade e o resultado de todo o trabalho.

Ter acesso a todas as informações ainda é um desafio para as instituições hospitalares, que encontram na tecnologia um apoio fundamental para o acompanhamento e organização das atividades, necessitando de uma logística mais inteligente e segura, que auxilia na tomada de decisões a partir de informações mais consistentes.

A Pesquisa de Líderes da Cadeia de Suprimentos, realizada pela Global Healthcare Exchange, em 2018, destaca que 59% dos líderes entrevistados consideram o uso de dados e análises como fatores para a tomada de decisões um dos principais resultados da cadeia de suprimentos necessários para este ano. Assim será possível obter mais eficiência nos processos de negócio.

Como é o caso da robô desenvolvida pela startup Laura, que ajuda a evitar mortes por sepse em hospitais. Plataforma de inteligência artificial, ela foi criada para detectar e evitar possíveis falhas em operações hospitalares, utilizando a comunicação cognitiva para informar as pessoas responsáveis pela operação em tempo hábil, poupando tempo, recursos e vidas.

A plataforma pode auxiliar muito o trabalho na área médica, já que é capaz de enviar notificações sobre estado do paciente, acelerando os processos de atendimento em casos urgentes.

A digitalização da cadeia de suprimentos é uma maneira de integrar os processos, tornando-os mais transparentes. Significa contar com um sistema que centralize todos os dados e auxilie no monitoramento e gerenciamento das atividades, permitindo que os funcionários possam acompanhar os processos e trabalhem neles com mais produtividade. Gerindo estoques de materiais, medicamentos, prazos. É uma das ferramentas que representa hoje as vantagens trazidas pelo que chamamos de a Quarta Revolução Industrial.

Reter os talentos certos para atuar nos processos tecnológicos também é fundamental para que o investimento em plataformas e sistemas que otimizem a gestão da cadeia de suprimentos funcione em seu nível mais eficiente. Encontrar profissionais que estejam interessados em desenvolver suas habilidades tornando o trabalho mais produtivo e obtendo bons resultados complementa de maneira positiva todo o investimento.

Você pode acompanhar mais informações sobre tecnologias que apresentam resultados positivos para a cadeia de suprimentos na área da saúde acompanhando as redes sociais da SAP: Facebook Twitter LinkedIn Instagram / WhatsApp

 

© 2018 SAP SE. All rights reserved. SAP and other SAP products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of SAP SE in Germany and other countries. Please see http://www.sap.com/corporate-en/legal/copyright/index.epx#trademark for additional trademark information and notices.