O que é uma Empresa de Saúde Inteligente e quais são seus benefícios?

Por: Margareth Amorim, especialista em Transformação Digital para a Saúde e Educação da SAP

Ao longo de nossas vidas, em algum momento, nós, ou alguém que amamos, precisamos de tratamento médico para nos sentirmos melhor e melhorar a nossa qualidade de vida. Como consumidores da saúde, temos desejos de evoluirmos para um ecossistema de saúde cada vez mais integrado e centrado no paciente.

Quem nunca sonhou em ir a um médico e fornecer a ele o link de acesso ao seu prontuário médico digital, com todo o seu histórico de diagnósticos, tratamentos, desfechos, exames realizados, dados genéticos, além de nossos dados de atividade física, frequência cardíaca, peso e hábitos alimentares, tudo isso ainda visualizado em gráficos de tendência?

Se tomamos a responsabilidade pela nossa saúde, devemos utilizar estes dados, primeiro para nossa própria gestão, acompanhamento de nossa condição física, atuando na prevenção, com mudança de hábitos e comportamentos para que tenhamos cada vez mais uma vida saudável e de qualidade. Segundo, provendo esta visão holística a um médico clínico ou geneticista, ele poderá olhar para todos os componentes de nossa saúde ao mesmo tempo para tomar decisões de diagnóstico e tratamento mais bem informadas. É a nova era do empoderamento do paciente, que passa a se envolver cada vez mais nas decisões de tratamento, quer diagnósticos domiciliares e serviços de maior valor agregado.

Dentre os desafios para se atingir este estágio digital, de um lado está a falta de interesse das partes interessadas da área da saúde para que a interoperabilidade dos dados nos sistemas de saúde seja resolvida com as tecnologias existentes. Somente quando pudermos mostrar os benefícios disso, as coisas começarão a mudar. Por outro lado, podemos atuar de outra maneira para atingir este cenário descrito acima: desbloquear o valor dos dados de assistência médica, uma vez que, em geral, estes dados residem em silos de informação.

 Os dados apresentam dois principais desafios: volume e variedade. Internet das coisas, sensores e tecnologia móvel, informações adicionais de diagnóstico de dispositivos médicos conectados, informações de Resultados Relatados por Pacientes (ePROs) de smartphones e wearables de grau médico contribuem para uma grande quantidade de dados que podem ser coletados e interpretados. Segundo estimativas, esse volume só aumentará à medida que o número de aplicativos para dispositivos móveis (325.000 aplicativos de saúde para dispositivos móveis em 2017) aumentar 25% com relação ao ano anterior.

Em relação ao segundo desafio, variedade de dados, considere os tipos de dados disponíveis: demografia dos pacientes, patologia e resultados de exames laboratoriais, medicamentos, radiologia, tratamentos de radiação, tratamentos, cuidados pós-terapia, notas e documentos do cuidador, operacionais, financeiros e informações sobre planos, seguros e características do prestador. As maiores fontes de dados são imagens e informações genômicas completas. Por paciente, milhares de campos e arquivos de dados podem ser coletados e mapeados em nossa linha do tempo, todos descrevendo nosso status de saúde.

Os dados de saúde são estruturados ou não estruturados. Os sistemas de registros médicos eletrônicos (EMR) normalmente suportam dados estruturados, mas ainda assim uma abundância dos dados usados ​​para tratar o câncer ainda não está estruturada. Para implementar análises bem-sucedidas, os dados não estruturados devem ser analisados ​​e transformados em dados estruturados.

Além dos dados, a área da Saúde é atormentada pelo seu próprio modelo de negócio. O setor de saúde é único no sentido de que a maioria das organizações no ecossistema é incentivada apenas pelo aumento do volume, mas não pelo custo e qualidade dos serviços. É possível mudar os modelos de negócios com a tecnologia, introduzindo mecanismos que permitam que os pagadores e os pacientes tomem decisões mais informadas. Mais uma vez, ele retorna aos dados, acessando-os, analisando-os em busca de insights e agindo sobre os insights para obter melhores resultados.

A quantidade de dados e todas as suas qualidades são difíceis de entender, e é por isso que tecnologias avançadas, uma plataforma de processamento em memória em tempo real e uma suíte de aplicações de negócios para a saúde são uma necessidade. Esses três componentes são a base da ‘Empresa de Saúde Inteligente’, que é um modelo do século 21 pronto para fornecer resultados mais saudáveis ​​para pacientes e profissionais de saúde.

 O que é a ‘Empresa de Saúde Inteligente’?

 Uma empresa inteligente usa tecnologias inteligentes, como Inteligência Artificial (IA), aprendizado de máquina (ML), recursos de Internet das coisas (IoT) e análise em memória em tempo real para alcançar excelência operacional e clínica na prestação de cuidados. Os hospitais estão investigando essas tecnologias modernas e as aplicam quando encontram um valor comercial quantificável. Por exemplo, para eliminar o uso de produtos farmacêuticos falsificados na cadeia de suprimentos legítima, a tecnologia de Blockchain está sendo usada para garantir a identificação e verificação única de embalagens de medicamentos individuais. Outro exemplo é nos resultados relatados pelos pacientes. Em vez de os pacientes preencherem questionários manualmente, a Inteligência Artificial conversacional pode ser usada para capturar o estado de saúde de um paciente, dando-lhe uma maneira mais fácil de capturar como ele está realmente sentindo.

À medida que os profissionais de saúde lançam iniciativas bem-sucedidas de transformação digital, o futuro modelo de atendimento ao paciente baseado em valor está começando a surgir. Esse modelo paga saúde e médicos com base nos resultados de custo e qualidade, alinhando-se de perto à missão da SAP de fornecer melhores resultados de negócios. Uma ‘Empresa de Saúde Inteligente’ oferece suporte ao modelo de atendimento baseado em valor e a outros modelos de negócios através destes componentes críticos:

  • Plataforma de Dados de Saúde:Uma plataforma totalmente digital (com SAP HANA) com gerenciamento e segurança de dados otimizados e operacional na nuvem, criando assim uma base de dados de saúde rica e harmonizada (dados clínicos, financeiros, demográficos e genômicos). 
  • Suíte Inteligente de Aplicações de Negócios para a Saúde:um conjunto de soluções de análise e otimização de processos de negócios que podem possibilitar melhores resultados para os pacientes a custos mais baixos. Isso inclui aplicativos que reimaginam os principais processos hospitalares, como admissão, contabilidade, etc. (por exemplo, passar da admissão manual para o registro on-line do paciente e para o auto-check-in) para melhorar a eficiência operacional e a experiência do paciente.
  • Tecnologias Inteligentes:um portfólio de tecnologias avançadas, como Inteligência Artificial, aprendizado de máquina, IoT e análises em tempo real em memória incorporadas nos processos de negócios. Por exemplo, cobrança automatizada e otimização de receita, extração de dados clínicos, etc.

Uma empresa inteligente fornece aos prestadores de saúde uma visão 360 ​​graus de diversos tipos de dados – clínicos, operacionais, financeiros, demográficos, genéticos, com as necessidades dos pacientes no centro. Essa combinação de tecnologias inteligentes na ‘Empresa de Saúde Inteligente’ e a flexibilidade de adicionar novas tecnologias à medida que elas surgirem ajudarão os prestadores a acelerar a prestação do cuidado baseado em valor e outros modelos que exijam resultados mais saudáveis ​​para pacientes e empresas.

Os benefícios da Empresa Inteligente para a Saúde

Os benefícios empresariais incluem:

  • Maior satisfação do paciente
  • Menos variação na prática clínica
  • Capacidade de recursos e métricas de produtividade
  • Otimização do ciclo de receita
  • Compartilhamento efetivo de recursos entre prestadores para responder à oferta e demanda
  • Novos modelos de negócios inovadores, como saúde corporativa, turismo médico, saúde no varejo e muito mais
  • Melhor adesão à medicação
  • Menor risco de readmissão
  • Melhor gerenciamento de risco no ponto de atendimento para coortes de doenças de alto custo
  • Recursos de receita alternativos para monetizar insights de dados de evidência no mundo real como um serviço

Os benefícios ao paciente incluem:

  • Maior qualidade do atendimento ao paciente devido aos cuidados contínuos integrados
  • Melhor tratamento ao paciente devido à especialização, medicina de precisão
  • Melhor prevenção de doenças entre pacientes
  • Melhor atendimento personalizado e individualizado ao paciente

Os benefícios da força de trabalho incluem:

  • Força de trabalho capacitada
  • Insights clínicos adicionais para apoiar a tomada de decisão do paciente e do médico
  • Qualidade de saúde da população e métricas de acesso
  • Identificação do curso de cuidados baseado em evidências
  • Melhor produtividade por automação de processos manuais repetitivos e demorados
  • Evidência do mundo real para apoiar decisões clínicas e diagnósticos

Ao visualizar os processos empresariais e as soluções de inovação de forma holística e colocar as necessidades fundamentais dos pacientes no centro da estratégia empresarial de saúde, o impacto de longo prazo da ‘Empresa de Saúde Inteligente’ acelerará a prestação de cuidados baseados em valor e será um divisor de águas na indústria.

Nos dias 21 a 23 de janeiro, a SAP irá participar do Saúde Business Forum, evento de Healthcare que acontecerá na Bahia. Veja mais detalhes.