Tecnologia beneficia a criação de alternativas sustentáveis para uso de energia

Por: SAP Brasil

A energia também é gerada a partir de recursos naturais que podem ser escassos. A responsabilidade de organizações e governos é buscar alternativas que sejam sustentáveis.

A modernização, industrialização e o aumento populacional podem ter grande influência sobre o aumento no consumo de energia no mundo. Não existe atividade comercial ou uma vida confortável sem ela. Mas muito do que se usa hoje nos lares e na atividade industrial é resultado de processos que precisam de recursos naturais finitos para funcionar.

O alerta gerado com o Dia Mundial da Energia, celebrado em 29 de maio, chama a atenção para redução de gastos energéticos, dando destaque ao uso de fontes renováveis. No ano passado, a ONU lançou o glossário de termos do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) nº 7.

O documento prevê a disponibilidade de energia limpa, sustentável e por um preço acessível para todos até 2030, por meio de iniciativas que envolvam esforço internacional, viabilizando o acesso a pesquisas e tecnologias relacionadas.

O glossário também coloca como compromisso: “expandir a infraestrutura e modernizar a tecnologia para o fornecimento de serviços de energia modernos e sustentáveis para todos os países em desenvolvimento”.

Muito se tem discutido pelo mundo a respeito de alternativas que gerem energia limpa, diminuindo o uso de recursos naturais para tal. No caminho das inovações tecnológicas, a Internet da Energia é uma das alternativas que busca aplicar o formato da rede, descentralizando os sistemas de distribuição de energia. Esse modelo permitirá que qualquer pessoa possa gerar e armazenar energia, sendo também um distribuidor dela.

No artigo Gestão digital de energia solar a caminho da energia autossuficiente, os pesquisadores italianos Dr. Mario Pagliaro e Dr. Francesco Meneguzzo apresentam soluções já existentes como sistemas de energia solar fora da rede, acoplando baterias de íons e módulos solares fotovoltaicos. De acordo com os especialistas, esse tipo de fonte de energia é utilizado em países como Índia, Paquistão, Mianmar, Vietnã, em alguns lugares na América Latina e em grande parte da África.

Outro exemplo de alternativa ao uso tradicional de energia acontece na Suécia, onde uma empresa de habitação municipal projetou residências que pudessem gerar eletricidade e calor durante o inverno e em dias nublados. Essa energia é acumulada durante o verão através do excesso de eletricidade que é convertido em hidrogênio por meio de um eletrolisador de água.

Pensando em soluções alternativas para o uso de energia em uma escala muito maior, como na indústria, o Relatório de Mercado de Tecnologia de Energia Limpa apresenta informações sobre o setor, destacando as previsões, os riscos econômicos e a conformidade com as questões ambientais, auxiliando na tomada de decisões sobre investimentos através de uma análise sobre como a Tecnologia Global de Energia Limpa crescerá nos mercados globais entre 2019 e 2025.

Mas gerar energia requer investimento e ainda existem algumas barreiras que tornam os custos altos, como no caso da geração de energia eólica, a localização das turbinas, a falta de tecnologia para planejamento.

Em busca de soluções, a SAP e a Vestas estudaram alternativas que pudessem simplificar o processo de geração de energia eólica, visando também a redução de custos. Para isso, foi desenvolvido um aplicativo capaz de padronizar o planejamento, fornecendo dados para que todos os profissionais envolvidos com o trabalho de produção de energia eólica tivessem acesso a informações de maneira unificada e em tempo real, podendo realizar consultas e acompanhar qualquer tipo de mudança climática na região onde as turbinas estão localizadas.

Isso permite que a empresa agilize seus projetos, oferecendo instalações mais rápidas, eficientes e baratas, levando energia limpa para mais lugares no mundo.

As escolhas de líderes do mundo inteiro poderão impactar significativamente não só no mercado, mas no modo como as empresas operam sua cadeia de suprimentos. E isso será benéfico para os negócios e para o planeta.

Acompanhe mais novidades nos canais de comunicação da SAP: Facebook Twitter LinkedIn Instagram / WhatsApp / Youtube

© 2019 SAP SE. All rights reserved. SAP and other SAP products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of SAP SE in Germany and other countries. Please see http://www.sap.com/corporate-en/legal/copyright/index.epx#trademark for additional trademark information and notices.