Tecnologia como ferramenta de prevenção ao suicídio

Por: SAP Brasil

A tecnologia está transformando os cuidados com a saúde mental ao ampliar o acesso aos dados para contribuir com o tratamento de pessoas com depressão e com a diminuição dos casos de suicídio

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 800 mil pessoas cometem suicídio anualmente no mundo, o que equivale a uma morte a cada 40 segundos, sendo a segunda maior causa de morte de pessoas entre 15 e 29 anos.

A prevenção ao suicídio se intensifica conforme as pessoas falam mais sobre como se sentem e novos caminhos para identificar pessoas com tais tendências surgem. O Centro de Valorização da Vida, por exemplo, realiza um trabalho de atendimento telefônico ou via chat, que oferece atendimento emergencial para pessoas que estão com pensamentos suicidas. Neste caso, voluntários treinados atendem as ocorrências e auxiliam as pessoas em momentos de crise.

Novos recursos também estão sendo criados com a ajuda da tecnologia para identificar pessoas com depressão por meio da internet. No SAP NOW Brasil, realizado em setembro deste ano, a empresa apresentou o “Algoritmo de Vida”, criado pela agência Africa e desenvolvido pela SAP e a Amazon Web Services.

O Twitter foi a plataforma escolhida para que o algoritmo pudesse rastrear mensagens que contenham indícios de depressão. Buscando associações de palavras e combinações de frases que contenham os termos “solidão”, “fracasso”, “medo”. É a chamada gramática da depressão. Analisando o contexto e refinando a busca, o algoritmo é capaz de identificar os perfis considerados de alto risco, encaminhando a mensagem para especialistas como o CVV, para que possam entrar em contato com essas pessoas.

Integrando sua plataforma de softwares e programa de análises de informações para tornar o aplicativo mais preciso, a SAP se junta à AWS que usará sua infraestrutura de centro de dados para ajudar o sistema a capturar e trabalhar com as bases de dados, adicionando recursos de Inteligência Artificial ao modelo.

E como a tecnologia pode transformar a infraestrutura dos serviços de saúde, dando-lhes as bases necessárias para que o atendimento voltado às pessoas com depressão seja parte da rotina nos processos de triagem de pacientes? É nesse sentido que a HarrisLogic, empresa criada para desenvolver soluções que integram tecnologia e saúde, criou o StellaCrisis.

A ferramenta tem como principal objetivo prevenir o suicídio utilizando dados dos pacientes e informações que ajudem a nortear seu atendimento. Seja de modo presencial ou ao receber uma ligação, orientando os atendentes sobre as perguntas certas a se fazer para pessoas em crise, através do StellaCrisis, ou oferecendo palavras de conforto e um plano para que o paciente tenha técnicas para aliviar suas crises através do StellaCare.

Trabalhando em conjunto com sistemas de registros eletrônicos de saúde, eles podem ajudar os profissionais a usar abordagens baseadas em evidências. Com os softwares da SAP, a HarrisLogic pode ter uma base de dados capaz de gerar relatórios e métricas que impactam precisamente as pessoas que necessitam de tratamento.

Para a HarrisLogic, essa tecnologia representa a revolução da saúde mental, ao trabalhar a favor do paciente com base nas informações reunidas, contribuindo para que tratamentos sejam orientados de acordo com seu histórico. Uma ferramenta criada para ajudar a salvar vidas.

Continue a acompanhar histórias como estas e a evolução da tecnologia na prevenção ao suicídio e nos cuidados com a saúde através das redes sociais da SAP: Facebook Twitter LinkedIn Instagram / WhatsApp / YouTube

© 2019 SAP SE. All rights reserved. SAP and other SAP products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of SAP SE in Germany and other countries. Please see http://www.sap.com/corporate-en/legal/copyright/index.epx#trademark for additional trademark information and notices.