Politécnico de Tomar integra programa mundial “SAP University Alliances”

 

Tomar – A SAP, uma empresa multinacional de software e aplicações de gestão empresarial, e o Instituto Politécnico de Tomar (IPT) iniciaram, recentemente, uma parceria ao abrigo do programa SAP University Alliances, tornando o IPT numa das instituições de ensino superior eleitas no País, a integrar este programa de dimensão mundial.

 

Esta parceria materializa-se, para já, numa primeira grande ação: uma pós-graduação em Sistemas de Gestão Empresarial – SAP, a ministrar na Escola Superior de Gestão de Tomar, que conta ainda com o apoio da Softinsa, uma empresa do grupo IBM, e onde será possível formar profissionais competentes para solucionar problemáticas referentes à gestão de informação empresarial e capazes de responder às exigências de um mercado de trabalho cada vez mais competitivo e abrangente.

Para Eugénio Pina de Almeida, presidente do Instituto Politécnico de Tomar, “esta parceria é um passo importante na afirmação da nossa instituição, porquanto não só vem reconhecer o esforço e trabalho desenvolvido pelo IPT enquanto instituição que forma profissionais altamente qualificados, mas igualmente como parceiro estratégico no desenvolvimento de competências ao mais alto nível. Esta parceria garante, acima de tudo, condições para que os nossos alunos tenham mais vantagens competitivas num mercado de trabalho cada vez mais exigente”.

Sérgio Pereira, Diretor Geral da Softinsa, realça que “esta aliança entre o IPT e a SAP vem reforçar a capacidade da Softinsa para dar resposta às necessidades dos nossos clientes, quer em projetos nacionais como internacionais. A equipa de SAP do Centro de Inovação Tecnológica de Tomar, que reúne já um número considerável de consultores, vai a partir de agora contar com novos talentos formados no politécnico com uma base de conhecimento em SAP focada em soluções de inovação e nas tendências do mundo digital.”

Segundo, Luís Urmal Carrasqueira, Diretor Geral da SAP Portugal “esta parceria vem reforçar a posição de que, para redução do défice em competências digitais na Europa, a educação e a formação têm de se tornar uma responsabilidade conjunta entre empregadores, educadores e governos. Há um claro compromisso da SAP em contribuir para a capacitação de mais pessoas com competências digitais e, por isso, alianças como esta vêm reforçar a nossa visão de que o investimento na educação dos colaboradores nunca foi tão importante, na medida em que o desenvolvimento da literacia digital na força de trabalho permitirá um caminho contínuo para a transformação digital das empresas.”