SAP registra trimestre com crescimento e novos contratos baseados na oferta RISE with SAP

Desempenho das soluções para cadeia de suprimentos e capital humano demonstram maior comprometimento das empresas com pilares ESG

Acompanhando as projeções de crescimento da SAP no mundo, a operação brasileira registrou um trimestre de crescimento em diversas linhas de negócios, com destaque para as soluções SAP Digital Supply Chain, de gestão da cadeia de suprimentos, e SAP SuccessFactors, para gestão do capital humano. Outro ponto alto período foi o fechamento dos primeiros projetos apoiados na oferta RISE with SAP, anunciada no final de janeiro e que já vem sendo adotada por empresas que apostaram na nova metodologia para acelerar seus processos de transformação digital como serviço, com a adoção do SAP S/4HANA Cloud.

Oferecida sob o modelo de assinatura, a oferta RISE with SAP tem apenas um contrato para gerenciar acordo de nível de serviço, operações e suporte e prover uma estratégia empresarial mais inteligente com a integração de dados e processos em todas as linhas de negócios, tendo como centro o ERP de última geração S/4HANA, em sua versão na nuvem, e oferecendo a base tecnológica do SAP Business Technology Platform (SAP BTP). Entre as empresas que estão acelerando a adoção do sistema de gestão inteligente da SAP com a oferta RISE with SAP estão o Carrefour, C&C e Chilli Beans.

“A rápida adesão aos contratos baseados na oferta RISE with SAP mostra que as empresas buscam uma jornada de transformação digital holística com processos ágeis e simples de implementar, porém sem abrir mão de adotar soluções à prova de futuro para seus desafios de gestão”, explica Adriana Aroulho, presidente da SAP Brasil.

A executiva destaca que, acompanhando uma tendência que se consolidou em 2020, as empresas brasileiras continuam voltando a atenção para a gestão da cadeia de suprimentos. “Os contratos com clientes de diferentes indústrias e perfis mostram que há uma dupla preocupação no relacionamento com fornecedores, que inclui o abastecimento de insumos dentro de uma logística eficiente e uma maior preocupação com a sustentabilidade da cadeia, o que mostra maior comprometimento das empresas com os pilares ESG”, completa.

Com mais de 40 anos no Brasil, a operação local do varejista francês Carrefour – líder de mercado de distribuição de alimentos no Brasil, a partir de uma plataforma omnicanal e multiformato que reúne operações em mais de 150 cidades e presença em todos os Estados – acaba de assinar um contrato com base na oferta RISE with SAP para modernizar o back office corporativo. A companhia passa a adotar a versão mais recente do SAP S/4HANA na nuvem, simplificando processos com usabilidade, desempenho e flexibilidade superiores, ao mesmo tempo em que mantém a integração com a matriz na França, cliente global da SAP.

A abordagem holística da oferta RISE with SAP ajuda as empresas a realmente transformar seus negócios, indo além de uma migração técnica para a nuvem e permitindo a transformação contínua. A oferta está apoiada para redesenhar os processos de negócios, habilitar a migração técnica e desenvolver negócios inteligentes para implementação em parceria com o sólido ecossistema de parceiros da SAP.

A C&C (Casa & Construção), segundo maior varejo de reforma do País, recorre à SAP para apoiar sua estratégia de eficiência, produtividade e inovação. A empresa acaba de escolher a oferta RISE with SAP contando com o SAP S/4HANA Private Cloud Edition, SAP Analytics e SAP Business Technology Platform para unificar todas as atividades e contar com acesso a informações em tempo real, melhorar a gestão e tomar melhores decisões.

A Chilli Beans, líder brasileira em óculos e acessórios, também escolheu a oferta RISE with SAP para transformar seus negócios durante esses tempos desafiadores. A empresa, que opera mais de 750 lojas no Brasil e no mundo, inicia projeto para inovar ainda mais, ganhar agilidade e promover economia de custos. A oferta garante à Chilli Beans a base para se tornar uma empresa inteligente, apoiando sua transformação de negócios com uma abordagem de serviço apoiada no SAP S/4HANA e com acesso à SAP Business Technology Platform e à rede de negócios SAP Business Network.

A Natura & Co, quarto maior grupo de beleza do mundo, iniciou sua transformação digital há alguns anos, contando com a SAP como parceira de confiança para investir em tecnologias avançadas, melhores práticas e processos de negócios integrados. O foco na América Latina é a migração para o SAP S/4HANA Cloud como o sistema de gestão para integrar outras soluções, como SAP Ariba, SAP Warehouse Management e SAP Analytics, visando aperfeiçoar a gestão da cadeia de suprimentos e toda a operação. A The Body Shop Mexico foi a primeira a completar o processo, em março.

 

Destaques do trimestre mostram que as empresas aproveitam o momento econômico para preparar suas operações para a retomada do crescimento

A SAP Brasil também registrou um trimestre positivo nos projetos baseados no sistema de gestão para empresas em crescimento, SAP Business One, com alta de três dígitos no período e clientes como Gerdau Next e Accor. A linha SAP Concur, de sistemas para gestão de despesas e viagens corporativas, também teve alto crescimento. Em termos de indústrias, varejo e bens de consumo seguiram sendo importantes para os negócios da SAP ao confiarem seus projetos de modernização, capacitação para o e-commerce e modernização logística aos sistemas da empresa.

A Gerdau, uma das maiores produtoras de aços longos das Américas, criou uma divisão para expandir e acelerar novos negócios, a Gerdau Next, com foco em intraempreendedorismo, conexão com startups, parceiros externos e fusões e aquisições. Para administrar essa nova operação como uma empresa inteligente desde o início, a empresa escolheu o SAP Business One. Esta solução SAP altamente escalável e flexível permitirá que as Next Companies se conectem perfeitamente ao ambiente SAP da Gerdau, oferecendo uma rápida implantação e integração.

O grupo Accor, líder global de hospitalidade com mais de 5 mil propriedades e 10 mil estabelecimentos para ofertas de alimentos e bebidas, em 110 países, escolheu o sistema de gestão SAP Business One para oferecer suporte aos planos de crescimento na América do Sul, melhorar a experiência do usuário e conectar seu ecossistema, a partir da digitalização de processos e eficiência operacional para obter informações em tempo real das operações na região.

Com atuação em 20 países, parque industrial no Brasil e em mais seis países latino-americanos, a multinacional farmacêutica brasileira Eurofarma continua avançando em sua parceria com a SAP para se tornar uma empresa inteligente. Desta vez, a Eurofarma, que já utiliza o sistema de gestão SAP S/4HANA, investe no SAP Integrated Business Planning (SAP IBP) para apoiar a reformulação do desenvolvimento e planejamento da empresa, combinando as necessidades de negócios com o ritmo de recrutamento para cumprir seus fortes planos e expansão.

A Cedro Têxtil, uma das maiores empresas têxteis do Brasil e grande fornecedora de denims (jeans), brins e telas, dá o próximo passo em sua transformação digital com a adoção do sistema de gestão SAP S/4HANA. A empresa está fortalecendo sua parceria com a SAP para apoiar seu sólido plano de crescimento com automação de processos e tecnologias inteligentes, abrindo novos caminhos. Com o ERP de última geração, a empresa com 150 anos de operações vai aumentar a agilidade dos negócios com processos padronizados, capacidade de inovar com rapidez e valor agregado.

 

Já são 23 trimestres de crescimento em cloud na SAP América Latina

Na região a SAP relatou crescimento de dois dígitos em soluções na nuvem pelo 23º trimestre consecutivo. Mesmo diante dos notáveis ​​desafios impostos pelo contexto da pandemia, as empresas da região continuam a contar com o de sistemas da SAP para crescer e manter a competitividade. Enquanto a nuvem se consolida como uma alternativa chave para garantir a continuidade dos negócios na região, a oferta RISE with SAP começa a se posicionar como uma alternativa ideal para organizações que desejam avançar em direção ao modelo de negócios inteligente.

“A oferta RISE with SAP oferece a transformação dos negócios como um serviço e uma forma de fazê-lo sem atritos e com a máxima agilidade”, explica Cristina Palmaka, presidente da SAP América Latina e Caribe. “Nosso crescimento é reflexo da confiança depositada na SAP por mais de 50 mil clientes da região”, conclui.

 

Início acelerado nos resultados globais e carteira em nuvem cresce 19%

Globalmente a SAP observou uma forte aceleração em novos negócios baseado em seu portfólio na nuvem, incluindo Qualtrics, HXM (Human Experience Management), soluções de compras, CX (Customer Experience) e Business Technology Platform, bem como um forte começo para a oferta RISE with SAP, que está impulsionando as transformações de negócios dos clientes na nuvem. As licenças de software aumentaram 7% (IFRS) e tiveram um forte crescimento de dois dígitos, 11% (não-IFRS em moedas constantes). A SAP obteve ganhos competitivos significativos em ERP, cadeia de suprimentos digital e em seu portfólio mais amplo de soluções em nuvem.

“Estamos vendo um crescimento muito forte na entrada de pedidos em nosso portfólio de aplicações. E estamos apenas começando. Nossa nova oferta RISE with SAP está rapidamente se tornando um grande acelerador para as transformações de negócios de nossos clientes com nossa plataforma no centro. Junto com nosso ecossistema único de mais de 22 mil parceiros e com um forte pipeline de inovação para o ano, estamos bem encaminhados com nossa estratégia para entregar um crescimento robusto da nuvem”, resume Christian Klein, CEO da SAP.

A carteira atual em nuvem aumentou 15%, para € 7,63 bilhões e 19% (em moedas constantes). A receita da nuvem aumentou 7% ano a ano para € 2,14 bilhões (IFRS), 7% para € 2,15 bilhões (não-IFRS) e 13% (não-IFRS em moedas constantes). A receita com licenças de software aumentou 7% ano a ano para € 0,48 bilhões (IFRS e não-IFRS) e 11% (não-IFRS em moedas constantes). As receitas de nuvem e software aumentaram 1% para € 5,43 bilhões (IFRS e não-IFRS) e 6% (não-IFRS em moedas constantes). A receita total caiu 3% ano sobre ano para € 6,35 bilhões IFRS e não-IFRS) e 2% (não-IFRS em moedas constantes).