SAP S/4HANA é líder no Quadrante Mágico do Gartner

A consultoria indicou a plataforma como solução em nuvem para empresas de serviços  

O SAP S/4HANA Cloud foi reconhecido como líder na última edição do Quadrante Mágico do Gartner, divulgada em julho, na categoria ERP em nuvem para empresas de serviços. O reconhecimento corrobora o crescimento de 84% da receita do SAP S/4HANA Cloud no segundo trimestre de 2022 e reforça a liderança e a capacidade da SAP em atender às necessidades tecnológicas dos clientes. 

Segundo o relatório, o interesse em soluções de gestão centradas em serviços está aumentando significativamente. Até 2026, 40% das organizações consolidarão finanças, recursos humanos, processos do pedido ao pagamento, compras e operacional em uma solução unificada ERP. 

“O setor de serviços é bastante competitivo e requer ferramentas otimizadas de gestão que sejam flexíveis e adaptáveis, o que torna o SAP S/4HANA uma oferta bastante atrativa por oferecer exatamente o que estes clientes estão buscando: crescimento e inovação aliados à resiliência e agilidade”, comentou Rodrigo Susaki, vice-presidente de SAP S/4HANA para o Brasil. 

O SAP S/4HANA Cloud é uma solução modular de ERP em nuvem, composta por vários aplicativos e softwares como serviço (SaaS). Projetado para resolver problemas complexos e gerenciar grandes quantidades de dados, ele fornece uma melhor experiência do usuário e registra dados em tempo real de fontes internas e externas, com automação de processos e recursos analíticos que utilizam aprendizado de máquina e inteligência artificial. 

O relatório atual considerou avaliações tanto das funcionalidades de gerenciamento de capital humano (HCM) quanto de processos comerciais automatizados, destacando a integração de ponta a ponta da SAP, que possibilita que a empresa execute as operações de forma eficiente e trabalhe em conjunto como uma só. 

O SAP S/4HANA Cloud está no centro da RISE with SAP, oferta holística de transformação digital focada em preparar as empresas para as novas realidades dos negócios e desafios econômicos, respeitando o ritmo individual das organizações para se tornarem uma empresa inteligente e sustentável.