SAP NOW Brasil – Melhores momentos – Parte II

Por: SAP Brasil

Confira os destaques do quarto e quinto dia do evento

No artigo anterior destacamos alguns momentos dos três primeiros dias do SAP NOW Brasil. Em sua 25ª edição, o evento se reinventou e foi apresentado de forma 100% online, criando uma experiência transcendental, focando em tecnologia, negócios e ciência. Confira os destaques do quarto e quinto dia do evento.

Abrindo o dia, Paulo Mendes, CFO da SAP Brasil, deu as boas-vindas e introduziu a primeira conversa. “Hoje, precisamos olhar o lucro econômico e financeiro, mas também cuidar do impacto no meio ambiente e o impacto social que as organizações podem trazer.”, afirmou. Mendes mediou uma conversa entre Luka Mucic, CFO da SAP SE, e José Filippo, CFO da Natura, sobre os novos e revolucionários caminhos econômicos. Os CFOs falaram sobre o papel da tecnologia na recuperação financeira no pós-pandemia, o papel estratégico do CFO na continuidade dos negócios e como a Economia Circular vai impulsionar a sustentabilidade e a inovação. Para Luka existem dois pontos bem claros: “CFOs e general managers, de todos os setores, estão reconhecendo que a digitalização está se tornando obrigatória. Precisamos obter insights rápidos e traduzi-los em ações flexíveis nesse ambiente extremamente volátil no qual vivemos. Em um mundo digital, cada vez mais virtual, em que nossas operações físicas no escritório são interrompidas, é essencial ter canais de venda digitais.”. Para José Filippo a tecnologia foi essencial para manter a empresa funcionando: “A tecnologia é fundamental para nós. Primeiramente, em termos de controle, temos que garantir que temos informações precisas. O tempo e a precisão da informação são cruciais nesses tempos para tomar a decisão certa. Além disso, os sistemas de nuvem atuais – em épocas em que ouvimos muito sobre problemas de exposição e segurança – são muito importantes, ter essa capacidade disponível, incluindo a capacidade de trabalhar remotamente.”, contou.

Em seguida, Cristina Palmaka, Presidente da SAP LAC, trouxe um debate muito importante: como ir além da resiliência para prosperar e sair fortalecido da pandemia? Cristina conversou com Arianna Huffington, CEO da Thrive Global, que criou a primeira plataforma de mudança de comportamento multicanal. Para Arianna o segredo está no capital humano: “As empresas precisam abordar a resiliência mental de seus empregados. Caso contrário haverá um impacto sobre os resultados empresariais, custos de produtividade, atritos e atendimento de saúde. Empresas têm dashboards para tudo: vendas, folha de pagamento, etc., mas não tem um painel para o capital humano.”, afirma. A CEO acredita que estar no “olho do furacão” nesses tempos incertos se tornou uma oportunidade de mudança nas empresas, que devem focar mais em seus colaboradores. “Este é também um momento incrível para os negócios. Os negócios são agora uma plataforma real para a mudança. E o que percebemos é que, enquanto transformações digitais e inovações tecnológicas são críticas, a ênfase no fator humano também é. Pode-se ter os melhores e mais otimizados sistemas de fluxo de trabalho, mas se seus empregados não aguentam mais de estresse, eles não serão produtivos.”, acrescentou.

A indústria do turismo foi uma das mais impactadas pela pandemia. Adriana Aroulho, Presidente da SAP Brasil, conversou com Leonel Andrade, CEO da CVC Corp, sobre como a empresa enfrentou o maior desafio do setor na história. Leonel contou sobre as estratégias e ações tomadas para ajudar clientes e não clientes que estavam viajando no início da pandemia e sobre a decisão de não realizar demissões em massa. Para ele, o cuidado com a força de trabalho é essencial: “Nós colocamos 100% da companhia em casa logo no início. Assim como fizemos uma campanha para os clientes, fizemos para os funcionários: “Fique em casa”. E colocamos toda a empresa e suporte necessário à disposição. Investimos muito em educação. É muito gratificante ajudar os colaboradores e usar este tempo para que todos se desenvolvam e voltem ainda melhores.”, afirmou. Para 2021, Leonel afirmou que a sustentabilidade será o foco. “Vamos trabalhar em três frentes, o primeiro ponto é meio ambiente, o segundo é educação e o terceiro é diversidade interna. Seguramente, este é um compromisso.”, contou.

No último dia do evento, Cristina Palmaka conversou com Octavio de Lazari Junior, Diretor Presidente e CEO do Bradesco, sobre as iniciativas que estão impulsionando as Empresas Inteligentes no novo cenário global. O CEO comentou sobre a união entre Bradesco, Itaú e Santander para realizar doações e apoiar a sociedade com kits de proteção e diagnóstico e falou sobre a cultura da diversidade dentro da empresa, que é um universo de pessoas, com quase 100 mil colaboradores. “O mais importante é envolver o time em tudo. Eu me lembro que para fazermos uma reunião com mil pessoas era um movimento logístico fantástico e essas semanas fizemos uma live com 25 mil colaboradores de todo o Brasil. A tecnologia nos propiciou levar uma mensagem a muito mais pessoas de forma muito mais rápida e efetiva. As pessoas têm que ter o sentimento de pertencimento.”, afirmou.

Confira mais conteúdos exclusivos do SAP NOW Brasil, acesse a página do evento.

Acompanhe mais novidades nos canais de comunicação da SAP:  Facebook Twitter LinkedIn Instagram / WhatsApp / Youtube

© 2020 SAP SE. All rights reserved. SAP and other SAP products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of SAP SE in Germany and other countries. Please see http://www.sap.com/corporate-en/legal/copyright/index.epx#trademark for additional trademark information and notices.