Como o Coronavírus influencia o mercado financeiro

Por: SAP Brasil

Empresas do setor financeiro oferecem renegociação do vencimento de dívidas e ampliam serviços digitais para facilitar a vida de clientes e manter o mercado em atividade

Soluções digitais estão se apresentando como grandes alternativas para manter a movimentação financeira sem que as pessoas desrespeitem o isolamento social causado pela pandemia do Coronavírus. Outras ações também estão sendo tomadas para que o mercado financeiro mantenha suas atividades e para ajudar a população.

Prorrogação do pagamento de dívidas

Instituições bancárias se dispuseram a negociar a prorrogação dos prazos de vencimento de dívidas de clientes pessoa física e de micro e pequenas empresas em até 60 dias, com o objetivo de continuar estimulando a economia e ajudando a conter efeitos causados pela baixa demanda de emprego e renda durante o período de isolamento social. A solução é parte da iniciativa tomada por cinco grandes instituições que atuam no Brasil e foi divulgada em março pela Federação Brasileira dos Bancos.

E-commerce cresce no Brasil

A Associação Brasileira do Comércio Eletrônico (ABComm) divulgou, no início de abril, números que representam o crescimento nas vendas online durante os meses de fevereiro e março de 2020, quando as medidas de isolamento social começaram a ser tomadas. As informações mostram que as vendas de bens de consumo aumentaram 100% no comércio online.

Em comparação com o mesmo período de 2019, constatou-se um aumento de 83% no consumo online de serviços de Beleza e Perfumaria, 111% na área da saúde e 80% na compra online em supermercados.

Os números mostram uma mudança no comportamento do consumidor, que está optando por transações digitais para compra de produtos durante o período de isolamento. Antes, a expectativa de crescimento para o e-commerce era de 18% neste ano, de acordo com a ABComm. Agora, as chances de mais clientes optarem por soluções digitais no futuro pode ser ainda maior.

Crescimento de transações financeiras digitais

Já havia uma tendência de crescimento para a realização de transações financeiras por meios digitais, especialmente pelos aplicativos de celular, por conta da comodidade e segurança que tais serviços oferecem aos clientes. De acordo com a Federação Brasileira de Bancos, os investimentos no setor de Tecnologia da Informação estão entre as prioridades das instituições financeiras, chegando aos R$ 20 bilhões e inclui gastos com segurança do acesso, de dados e a consequente ampliação da oferta de serviços online.

Usuários têm dado preferência aos serviços digitais para realizar pagamentos e investimentos, transferir dinheiro e fazer recargas e compras. Essa tendência pode se manter mesmo após o controle da pandemia, acelerando o progresso do mercado de serviços digitais.

Nesse caminho, cabe às empresas de serviços financeiros buscarem soluções para melhorar a experiência do consumidor no uso das ferramentas disponíveis, oferecendo uma comunicação fácil e intuitiva, para que ele possa receber orientações precisas sobre como gerir sua situação financeira nesse momento, além de facilitar o acesso a informações que antes ele só poderia obter presencialmente, automatizando mais opções de serviços.

O desafio do mercado financeiro nesse momento é manter a colaboração com a sociedade e desenvolver soluções para que seus clientes, sejam eles pessoas físicas, trabalhadores autônomos, micro e pequenas empresas, possam se sentir mais tranquilos e seguros para a retomada das atividades.

A SAP está atenta às soluções que podem ajudar contribuir com a sociedade nesse momento. Continue a acompanha-las nas redes sociais: Facebook Twitter LinkedIn Instagram / WhatsApp / Youtube

© 2020 SAP SE. All rights reserved. SAP and other SAP products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of SAP SE in Germany and other countries. Please see http://www.sap.com/corporate-en/legal/copyright/index.epx#trademark for additional trademark information and notices.