Mudanças importantes que devem definir o cenário econômico pós pandemia

Por: SAP Brasil

Este era um cenário que as organizações não previram e que agora precisam lidar para sofrer o mínimo de impactos no futuro

As expectativas econômicas para o mundo em 2020 não são as mesmas. Na primeira semana de maio, o mercado financeiro ajustou a previsão de queda do PIB do país pela 12ª semana seguida, desta vez, a média foi de 3,34% para 3,76%. O futuro ainda causa incertezas e as organizações precisam repensar o planejamento em investimentos futuros, considerando o que deve ser definido como prioridade para manter a produtividade e segurança, preparando-se para gerenciar riscos.

Funcionários trabalhando em casa e o novo normal

Ainda que as atividades pudessem ser realizadas à distância, muitas empresas não estavam acostumadas a trabalhar no modelo home office. Uma alternativa para evitar a contaminação pela COVID-19, agora se mostra como um modelo de trabalho rentável e produtivo.

A previsão é de que o home office no Brasil cresça cerca de 30%. O levantamento Tendências de Marketing e Tecnologia 2020: Humanidade Redefinida e os Novos Negócios mostra que mesmo com o relaxamento do isolamento social, o distanciamento ainda será necessário para evitar uma nova onda de disseminação, além disso, a demanda por espaço pode ser maior, impedido que todos os colaboradores voltem de uma vez.

O novo normal pode ser uma mudança na rotina das organizações, com a escolha pelo trabalho home office ou parte dele. Gerando economia de gastos com infraestrutura para as equipes e com o deslocamento dos colaboradores.

Investimento em segurança da informação

Os ataques cibernéticos cresceram durante a pandemia do novo Coronavírus, com ameaças aos sistemas de saúde e a dispositivos domésticos. Entre os meses de fevereiro e março, foram detectadas 22.700 URLs maliciosas relacionadas à COVID-19. Além disso, 6,7 milhões de vítimas foram enganadas por aplicativos falsos nesse período.

O investimento em proteção de dados também deve crescer com a exigência maior dos consumidores por transparência de informações. Além disso, o trabalho à distância exigirá que as empresas reforcem a segurança cibernética para prevenir invasões a sistemas e redes, impedindo o vazamento de informações sensíveis.

Transformações no varejo ajudam a manter vendas no futuro

O varejo pode ter encontrado um caminho mais vantajoso para continuar movimentando a economia no período de reabertura. Com a manutenção das vendas online mesmo depois da crise e a abertura de lojas físicas, o setor pode manter as atividades e ajudar a gerar empregos. Mas é preciso ter resiliência para analisar o comportamento do consumidor, que poderá estar mais preocupado com o emprego, para determinar quais estratégias e negócios podem oferecer melhor experiência para o cliente.

Percepção sobre riscos e planejamento contingente

Para todos os setores, o mercado interno pode oferecer as bases da retomada econômica. Com a viabilização de linhas de crédito que ajudam a fortalecer o pequeno e médio empresário e investimentos no setor industrial, para que possam produzir mais e competir com o mercado internacional, consolidando a parceria comercial com países que estão passando pela reabertura e que precisam de braços produtivos.

Planejar o futuro dos setores, com atuações integradas entre eles pode beneficiar a retomada econômica no pós-crise. As empresas devem se preparar para esse novo momento, entendendo que as mudanças serão estruturais.

Acompanhe as perspectivas para o futuro da economia após a pandemia do novo Coronavírus nas redes sociais da SAP: Facebook Twitter LinkedIn Instagram / WhatsApp / Youtube

© 2020 SAP SE. All rights reserved. SAP and other SAP products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of SAP SE in Germany and other countries. Please see http://www.sap.com/corporate-en/legal/copyright/index.epx#trademark for additional trademark information and notices.