Varejo busca adaptação aos novos hábitos de consumo no pós-pandemia

Por: SAP Brasil

Para manter negócios, empresários devem estudar e acompanhar as movimentações na nova rotina do consumidor, adequando os modelos de venda ao novo momento

Se durante a pandemia tivemos que ajustar nossos hábitos de vida e relacionamento, os hábitos do consumidor também passaram por mudanças para se adequar à nova rotina. Os resultados para o varejo oscilaram e entre os dias 28 de junho e 4 de julho, o comércio registrou queda de 18% no faturamento das empresas do setor, de acordo com dados divulgados pelo Sebrae.

Passado o período de isolamento, novas estratégias devem ser adotadas, por meio da reestruturação dos negócios, com a implementação da digitalização e a adoção de novas formas de relacionamento com o cliente, que melhorem a experiência e atraiam o público.

Invista na digitalização para ampliar a capacidade analítica do negócio

A transformação digital tornou-se uma das principais ferramentas para os negócios durante a pandemia, oferecendo a possibilidade de gerenciar processos operacionais à distância. Empreendedores entenderam a importância de transformar suas empresas em Empresas Inteligências para obter maior capacidade de análise sobre o desempenho de suas equipes, demandas dos clientes e produção.

Recentemente, a McKinsey lançou o relatório “Transformações digitais o Brasil: insights sobre o nível de maturidade digital das empresas no país”, o documento avalia o nível de maturidade das empresas brasileiras para operar no universo digital a partir de 4 dimensões: estratégia, capacidades, organização e cultura. Um dos pontos destacados na pesquisa é sobre a compreensão das empresas a respeito da relevância do digital e de melhorias na jornada do cliente, a pesquisa mostrou que ainda existe uma dificuldade em desenvolver a capacidade analítica das organizações.

De acordo com o relatório, grande parte das empresas no Brasil ainda utiliza modelos descritivos simples e técnicas pouco sofisticadas para análises estatísticas. Isso porque precisa investir em soluções mais robustas, com capacidade para armazenar o maior número de dados e oferecer análises mais precisas para mensuração dos resultados com velocidade.

As informações em nuvem podem contribuir muito para que as empresas obtenham dados essenciais para transformar visitantes em clientes. O caminho é o investimento nas plataformas de gestão online.

Adote tecnologia para gerenciar cadeia de suprimentos

Esse é o momento de transmitir confiança aos consumidores, buscando soluções para manter os estoques abastecidos e encontrar fornecedores de maneira rápida e segura, evitando perdas por conta da falta de produtos.

Além disso, as demandas de consumo estão passando por mudanças e para continuar vendendo as empresas precisam se adequar. Existem soluções como o SAP Ariba Discovery, que conecta uma rede de fornecedores e compradores a partir de uma base de dados, que contribui para o crescimento sustentável das redes de fornecimento, oferecendo dados sobre riscos e produção que ajudam a evitar a interrupção da cadeia de suprimentos. Contribuindo para que lojistas possam cumprir seus prazos de entrega.

Implemente protocolos de segurança e higienização mais rígidos

Apesar da reabertura da economia em muitos países, as orientações da Organização Mundial da Saúde e de especialistas continuam as mesmas, manter o isolamento quando possível e não ignorar as medidas de distanciamento. Uma vida mais restritiva pode fazer com que o consumidor continue evitando sair de casa para realizar compras e se sair, ele pode estar em busca de agilidade para que possa retornar rápido e em segurança para seu lar.

Em um cenário como este, as etapas do atendimento precisam passar por mudanças para que o consumidor se sinta mais seguro e para que sua experiência seja positiva. Portanto, não esqueça de recomendar o uso de máscara, disponibilizar álcool em gel e gerenciar o distanciamento dentro do estabelecimento.

Amplie também os canais de comunicação para atender o cliente. Você pode ser multiplataforma e estar presente nas redes sociais, em um canal de atendimento em seu site e reforçar a comunicação pelo telefone. O consumidor se sentirá amparado ao sair da sua loja, sabendo que se precisar de algum suporte, ele não precisa, necessariamente, voltar à loja física.

No pós-pandemia, o impulsionamento dos negócios deve ter as pessoas como foco, para assegurar experiências positivas que contemplem colaboradores e clientes. Utilizando como principal ferramenta as tecnologias digitais, a adaptação dos negócios aos novos hábitos pode ganhar um acelerador.

Nos canais de comunicação da SAP, você pode acompanhar mais informações sobre o mundo pós-pandemia:  Facebook Twitter LinkedIn Instagram / WhatsApp / Youtube

© 2020 SAP SE. All rights reserved. SAP and other SAP products and services mentioned herein as well as their respective logos are trademarks or registered trademarks of SAP SE in Germany and other countries. Please see http://www.sap.com/corporate-en/legal/copyright/index.epx#trademark for additional trademark information and notices.